Benefícios da atividade física e Corrida Paraíba Pela Paz são destaques na TV Assembleia

A TV Assembleia exibe, nesta terça-feira (5), às 20h, o Programa Viva Saúde sobre os benefícios da corrida como atividade física na promoção da saúde. O fisioterapeuta Thales Henrique Sales vai explicar os benefícios do esporte que pode melhorar o humor, o sono e a resistência física. O programa ainda vai apresentar os principais benefícios da corrida para a saúde destacando quanto tempo você precisa esperar para obter os primeiros resultados.

Diversos estudos confirmam que a corrida reduz o risco de morte precoce e faz com que você viva por muito mais anos do que se não treinasse. “O motivo é que a atividade física regula e inibe o aparecimento de doenças cardíacas, hipertensão, diabetes, depressão e até alguns tipos de câncer”, explica Thales Henriques.

1ª Corrida Paraíba Pela Paz acontece em dezembro e ALPB é parceira do evento

Ainda neste segmento, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) vai exibir na grade de programação a cobertura completa da ‘1ª Corrida Paraíba pela Paz’, que vai ocorrer no dia 8 de dezembro. A Assembleia está empenhada, através de seus canais de comunicação (TV Assembleia e Portal), em atrair os paraibanos a participarem do evento que será, a partir deste ano, inserido no calendário anual de corridas do Estado.

Percurso – A 1ª Corrida Paraíba Unida pela Paz vai ter como ponto de largada e chegada o Centro de Convenções de João Pessoa e os atletas poderão, no momento da inscrição, optar por correr o percurso de 5km ou 10km. O valor das inscrições, que está no terceiro lote, é R$ 60 (taxa bancária inclusa) e 2k de alimentos para o público geral e R$ 35 para idoso/PCD.

Para garantir sua vaga, acesse www.paraibapelapaz.pb.gov.br e inscreva-se até o próximo dia 15. Toda a arrecadação financeira e de alimentos será revertida para o Hospital Napoleão Laureano.

A corrida, que celebra o Programa Paraíba Unida pela Paz, pretende chamar e integrar a sociedade às práticas de atividades que promovam saúde e qualidade de vida. Você acompanha a cobertura completa através dos canais: 40.2 (TV aberta), 14.2 (Patos e Região), 15.2, (Campina Grande), pelo canal 11 na net e 340.2, na Sky, GVT e Claro.

Continue Lendo

João Azevêdo participa da reunião do Consórcio Nordeste em Recife, nesta quarta-feira

O governador João Azevêdo confirmou presença, nesta quarta-feira (6) pela manhã, na reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, em Recife, no Estado de Pernambuco. O chefe do Executivo ainda participa da abertura da Conferência Brasileira de Mudanças do Clima, também na capital pernambucana. A informação foi repassada durante o programa semanal Fala Governador, transmitido pela Rádio Tabajara em cadeia estadual e pelas redes sociais do Governo.

Durante o programa, João Azevêdo comentou que um dos objetivos da reunião do Consórcio do Nordeste, que acontecerá no Palácio do Campo das Princesas, é planejar e organizar uma missão que os governadores do Nordeste farão na Europa a partir do dia 18 de novembro para atração de investimentos para a região. “Iremos para a França, Itália e Alemanha levando o nome e as potencialidades do Nordeste, mostrando que essa parte do Brasil tem se desenvolvido e que precisa receber investimentos de fora para que a gente possa ultrapassar essa fase tão difícil de estagnação da economia do país”, pontuou.

A Conferência Brasileira de Mudanças do Clima, que será realizada na Arcádia Paço Alfândega, busca demonstrar experiências, negócios, soluções, tecnologias e políticas brasileiras que valorizam, integram e fazem progredir os resultados da governança climática. O evento reunirá governos, organizações não governamentais, movimentos sociais, comunidade científica e o setor privado.

Serviço

Programação em Recife/PE
Data: 06/11/2019
8h30 – Abertura da Conferência Brasileira de Mudanças do Clima
Local: Arcádia Paço Alfândega – Travessa Amorim, n.75, 4º andar – Bairro do Recife, Recife

10h – Reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste – com participação reservada aos Governadores do Nordeste
Local: Palácio do Campo das Princesas – Sala de Monitoramento, 2º andar – Praça da República, s/n – Santo Antônio, Recife

14h – Assembleia Geral Ordinária do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste
Local: Palácio do Campo das Princesas – Salão das Bandeiras, 1º andar – Praça da República, s/n – Santo Antônio, Recife

Continue Lendo

Dalton Gadelha pode confirmar candidatura à PMCG nos próximos dias

Os próximos dias podem ser decisivos para a disputa da Prefeitura de Campina Grande, nas eleições de 2020.

O médico e empresário, Dalton Gadelha, atual chanceler de uma das melhores estruturas de educação do ensino superior do Brasil, a Unifacisa, pode confirmar a sua candidatura a prefeito da cidade de Campina Grande.

E o mais impressionante é que o nome de Dalton é uma espécie de aclamação.

É como se até pudesse haver um cenário de não existir, praticamente, nenhum clima de disputa acirrada, com a possível confirmação do nome do Gadelha.

Filiado ao PSC, o médico e empresário campinense coleciona histórias de sucesso em seus empreendimentos, voltados ao crescimento da sociedade como um todo.

Culto, chefe de família exemplar, além de um grande médico, Dalton pode receber o apoio do prefeito ROMERO Rodrigues já no 1º turno das eleições.

Apoio que pode ser considerado mais do que relevante, pela grande aprovação de governo que ROMERO possui na cidade.

Dalton Gadelha é o hoje um dos poucos nomes que agrega conhecimento público-privado, tem credibilidade, carisma e recebe o apoio espontâneo das pessoas em, praticamente, todas as faixas.

A Prefeitura de Campina Grande pode ter em seu comando um dos maiores empresários paraibanos de todos os tempos.

Opinião – JORNALISTA MILTON FIGUEIRÊDO

Continue Lendo

Reunião da CPP na CMJP: 15 projetos tiveram pareceres favoráveis e cinco contrários

A Comissão de Políticas Públicas (CPP) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) apreciou 27 matérias, em reunião realizada nesta sexta-feira (1º). Tiveram pareceres favoráveis aprovados 15 projetos, cinco tiveram pareceres contrários mantidos e cinco receberam pedido de vista. Ainda foram derrubados um parecer favorável e um contrário.

Dentre os projetos de lei que obtiveram aprovação na Comissão, os seguintes receberam destaque: 1.021/2018, dispondo sobre a divulgação dos dados dos Conselhos Municipais na página oficial da Prefeitura e Câmara municipais na internet; 1.162/2019, que obriga o fornecimento do número de protocolo ao paciente quando da solicitação de consultas, exames, intervenções cirúrgicas e quaisquer outros procedimentos na rede municipal de saúde e/ou conveniadas, e outros prestadores que recebam recursos públicos do Sistema Único de Saúde (SUS); 1.234/2019, que obriga a disponibilização no site oficial da PMJP na internet da localização de todas as vagas de estacionamento para pessoas com deficiência e idosos; 1.268/2019, que dispõe sobre a criação do Programa de Atuação Preventiva no Combate às Drogas e Entorpecentes no Ambiente Escolar na cidade de João Pessoa; 1.318/2019, determinando que o Poder Executivo Municipal divulgará, em site oficial e nas dependências das Unidades de Saúde da Capital, a relação atualizada de vacinas disponíveis na rede pública.

Também teve parecer favorável aprovado o Projeto de Lei Complementar (PLC) 44/2019, que agrava a multa da infração de pichação no Município de João Pessoa, aumentando o valor da multa em face do infrator.

A Comissão manteve os pareceres contrários aos seguintes projetos de lei: 1.003/2018, mudando o nome do Terminal de Integração de Papa João Paulo II para Jackson do Pandeiro; 1.207/2019 e 1.300/2019, que dispõem sobre a apresentação trimestral e quadrimestral das obras em andamento ou com o prazo de execução suspenso no Município de João Pessoa; 1.224/2019, que obriga todas as repartições públicas no município a afixar placas ou cartazes, em locais visíveis e de fácil acesso, divulgando o direito da não obrigatoriedade de reconhecimento de firma e autenticação de cópias em cartório para utilização em atos e procedimentos administrativos. Embora tenham sido rejeitados pela Comissão, as matérias ainda serão apreciadas em Plenário.

O projeto de lei 1.259/2019, que institui o ‘Projeto Nasce uma Criança, Planta-se uma Árvore’, no Município de João Pessoa, recebeu parecer favorável do relator, mas foi rejeitado pela maioria dos membros da Comissão.

As cinco matérias que receberam pedido de vista, para melhor apreciação foram as seguintes: 1.100/2019, que protege locais de desova de tartarugas marinhas e piscinas naturais com a proibição da pesca com rede, na orla marítima da Capital; 1.143/2019, obrigando as farmácias e drogarias a conterem a relação dos hospitais públicos, postos de saúde, Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e Unidades de Pronto Atendimento (Upas) mais próximos de seus estabelecimentos; 1.194/2019, que autoriza o Poder Executivo a repassar diretamente os recursos financeiros recebidos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) ou próprios, às escolas da Rede Municipal de ensino; 1.285/2019, indicando a disponibilização para a população da localização em tempo real das viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); e 1.160/2018, que obriga a manutenção de no mínimo um agente de segurança especializado, junto aos locais de operação dos caixas eletrônicos das agências bancárias e postos bancários.

Continue Lendo

Relator da LOA 2020, Tião Gomes reserva R$ 120 milhões para emendas individuais

O relator da peça orçamentária do Governo do Estado para 2020, Tião Gomes (Avante), garantiu a reserva de R$ 120.894.039,00 para atender as emendas individuais de apropriação, ficando destinado para cada um dos 36 deputados o valor de R$ 3.352.612,19. O texto acrescenta ainda que os parlamentares poderão apresentar emendas individuais e coletivas. A previsão orçamentária proposta e já aprovada na Comissão de Orçamento da Casa, possibilita a aprovação da PEC 04/2029 que trata das emendas impositivas ainda este ano.

O relatório segue agora para a tramitação na Assembleia com realizações de audiências públicas no período de 4 a 18 de novembro, mesmo prazo em que os deputados terão para a apresentação das emendas. O parecer definitivo à proposta orçamentária para 2020 deve ficar pronto e apreciado entre os dias 19 de novembro a 9 de dezembro. A partir do dia 10 a LOA pode ser incluída na ordem do dia para apreciação em plenário.

No texto, o relator também aponta um equívoco na mensagem governamental de uma diferença na Lei Orçamentária Anual de R$ 919.224,00 já que todos os anexos da peça apontam para totalização do orçamento em R$ 12.708.960.386,00 e não de R$ 12.709.879.610,00.

A proposta consta ainda a autorização para abertura de créditos suplementares até o limite de 20% do total da despesa fixada para o Orçamento Fiscal e Seguridade Social, correspondente a R$ 2.374.404.013,40 para reforçar as dotações do orçamento.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) que estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2020 tem uma despesa orçamentária fixada R$ 11.872.020.067,00, sendo R$ 8.482.131.979,00 para os gastos da máquina e R$ 3.389.888.088,00 destinado a Seguridade Social.

Para João Azevêdo 

A mensagem enviada pelo governador João Azevêdo (PSB) à ALPB explica que o valor estimado neste Projeto de Lei para o exercício financeiro de 2020, incluindo todas as receitas, inclusive das empresas independentes, com as deduções obrigatórias para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), totalizam R$ 12.709.879.610.

O governador garante ainda que a proposta Orçamentária de 2020 cumpre a aplicação mínima exigida pela legislação pertinente quanto à manutenção às ações e serviços públicos de saúde.

“Esta Proposta de Lei Orçamentária é resultante de uma análise econômica e financeira, a partir de cenários macroeconômicos do Brasil e da Paraíba, como também, otimização das despesas correntes e melhorar a qualidade do investimento, onde a presente Proposta Orçamentária concilia os princípios da responsabilidade fiscal com a expansão e melhoria dos bens e serviços públicos disponibilizados à população. Esta opção garante a disciplina fiscal e financeira num cenário de incertezas econômicas e macrofiscais”, destacou João Azevêdo na mensagem.

O texto também destaca que o Executivo, dentro de um esforço de gestão considerou para cada unidade orçamentária dentro dos limites financeiros disponíveis, em conformidade com a projeção de receita, um incremento médio de 3,95% com base no IPCA, ampliando os limites financeiros para todas as unidades e assim, permitir uma equidade orçamentária a realidade do Estado.

“Também, intensificamos a adoção de medidas voltadas para a ampliação das receitas, não apenas através da modernização e melhoria da gestão fiscal e do combate à sonegação, mas também com a busca de novas fontes de financiamento e de alternativas de estímulo ao crescimento da economia do Estado, como a participação da Paraíba no Consórcio Nordeste, como um novo modelo de governança frente aos desafios econômicos e político Nacional”, disse o governador. Com informações do Correio.

Continue Lendo

Polícia vai reforçar a segurança nos cemitérios com mais de 800 policiais

A Polícia Militar montou uma operação com mais de 800 policiais para reforçar a segurança das pessoas que vão aos cemitérios neste Dia de Finados, 2 de novembro, em todo o Estado. O esquema de policiamento começa a atuar já a partir do começo da noite desta sexta-feira (1º), por causa da movimentação de comerciantes e pessoas nos locais.

A operação, denominada Eternidade, conta ainda com 288 viaturas, que vão aumentar as rondas e pontos-base na frente dos cemitérios, nas imediações e no trajeto até as paradas dos ônibus. Haverá também aumento das abordagens aos coletivos.

O comandante do Policiamento Regional Metropolitano (CPRM), coronel Lívio Delgado, disse que os cemitérios da grande João Pessoa terão uma atenção redobrada. “São 236 policiais e 72 viaturas especificamente para a região metropolitana de João Pessoa, que é onde estão localizados os cemitérios com maiores movimentações de pessoas, conforme constatado nos anos anteriores”, disse.

O oficial adiantou que o reforço será paralelo a outras ações e operações que estão sendo realizadas. “Essa operação para o dia de finados não vai afetar o policiamento normal dos bairros e nem as ações e operações que temos em curso. Pelo contrário, vai ser mais uma forma de atuação que a Polícia Militar estará colocando para garantir a segurança dos cidadãos”, destacou.

A operação vai até a noite deste sábado (2), com foco principal na prevenção de furtos, roubos, crimes contra a vida e outros delitos.

Continue Lendo

Ricardo diz que família Bolsonaro sempre flertou com a Ditadura, mas, gostando ou não, jurou seguir a Constituição

O ex-governador e atual presidente da Fundação João Mangabeira, Ricardo Coutinho (PSB), viu com preocupação a fala do filho de Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), sobre um “novo AI-5” em caso de uma suposta radicalização da esquerda no Brasil. Na ocasião, o parlamentar comentava os protestos no Chile.

“É muito grave a fala de Eduardo Bolsonaro sobre um novo AI-5 caso a ‘esquerda radicalize’. A declaração é inaceitável porque fere a nossa democracia e ameaça o Congresso Nacional”, afirmou.

Ricardo lembrou que a família Bolsonaro sempre flertou com a Ditadura Militar, seja através de manifestações favoráveis a ações como tortura ou a figuras desse período nebuloso do Brasil, como o coronel Brilhante Ustra, que colocava ratos nas vaginas de mulheres detidas. O socialista afirmou, no entanto, que Eduardo jurou seguir a Constituição – gostando ou não.

“Não é novidade que a família Bolsonaro flerta com o autoritarismo e a ditadura, mas gostando ou não, o deputado jurou seguir a Constituição”, finalizou.

Continue Lendo