EXCLUSIVO: Polícia Federal pediu mais tempo para investigar Cássio Cunha Lima

A Polícia Federal pediu à Justiça, que prorrogasse o prazo de investigação do senador paraibano Cássio Cunha Lima (PSDB). Ele é alvo de investigações, após o ex-presidente da Odebrecht Ambiental, Fernando Reis, em delação, assumir que o tucano iria vender a Cagepa para a empreitera.

O delator confirmou que a empresa tinha interesse em desenvolver uma parceria público-privada para a área de saneamento e foi procurada pelo senador e então candidato ao Governo da Paraíba, para demonstrar que tinha interesse em desenvolver o projeto e pediu uma contribuição de R$ 800 mil, através de caixa dois, para custear sua campanha de 2014.

Com o pedido de prorrogação das investigações, a Polícia Federal pode continuar na cola do senador por até 60 dias. O relator do processo, o ministro Gilmar Mendes, determinou nessa sexta-feira (14) um prazo de cinco dias para a Procuradoria Geral da República (PGR) decidir se concede à PF mais tempo para investigar, ou se arquiva o processo.

Continue Lendo

Candidata a deputada dá calote em condomínio e é acionada judicialmente

A jornalista Pâmelo Bório, hoje candidata a deputada federal pelo PSL, partido de Bolsonaro, foi acionada judicialmente por dar calote no condomínio do edifício onde reside.

O apartamento fica no edifício Kadosh Residence, localizado no bairro de Cabo Branco, bairro nobre da capital.

A ação protocolada na 3ª vara cível de João Pessoa em maio deste ano pede que ela pague, em caso de deferimento do pedido, que ainda será julgado, em três dias o valor devido R$ 23.326,46 com o valor corrigido e o acréscimo dos honorários advocatícios.

Se o pagamento não for realizado após a determinação judicial, os requerentes pedem a penhora do imóvel para a quitação da dívida.

Veja o processo:

0827429-96.2018.8.15.2001

Continue Lendo

Constrangimento: Ludgério ignora candidatura de Lucélio e já pede votos para Maranhão e Benjamin

O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) tem causado constrangimento entre a base de apoio dos irmãos Cartaxo. Apesar de compor uma legenda que apoia a candidatura de Lucélio (PV) ao Governo do Estado, Ludgério tem pedido votos para José Maranhão (MDB).

“Se preferirem votar num filho da terra, o senador Maranhão, estarão votando também num homem de bem”, declarou.

Manoel Ludgério pediu votos, ainda, a Benjamin Maranhão (MDB), que é candidato a deputado federal. Ele participava de evento em Damião, cidade que fica a meia hora de Araruna – reduto eleitoral dos Maranhão.

O deputado está tão ligado ao grupo de Maranhão esses dias, que a sua filha se casou com o vice da chapa, Bruno Roberto (PR), nessa quarta-feira (12). Estudante de medicina, namorava com o filho do deputado federal Wellington Roberto (PR) há 5 anos.

Continue Lendo

EXCLUSIVO: ex-superintendente da IPM-JP, preso na Operação Parcela Débito, assina delação premiada

O ex-superintendente do Instituto de Previdência do Município de João Pessoa (IPM-JP), Moacir Tenório, assinou acordo de delação premiada com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) da Paraíba.

Preso desde agosto do ano passado, Moacir dirigiu o órgão de abril a dezembro de 2016, tendo contato próximo com o esquema de corrupção que causou dano de R$ 25 milhões aos cofres públicos de João Pessoa.

Ele e outros envolvidos responderão por crimes de inserção de dados falsos em sistema de informações, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Com a sua delação, a esperança é a de que o Ministério Público consiga identificar peixes graúdos que estiveram envolvidos no esquema.

Entenda a operação

Dezenove pessoas foram presas, no dia 24 de agosto do mês passado, no esquema que, segundo o promotor Octávio Paulo Neto, do Gaeco, funcionava de forma engenhosa e de difícil detecção. Os envolvidos fraudavam os contracheques, inserindo gratificações irregulares nas fichas financeiras sem que os valores fossem creditados nas contas dos aposentados ou pensionistas, como também aumentavam irregularmente gratificações de aposentados para que os valores fossem repassados aos membros da organização. A organização criminosa também mantinha, irregularmente, pensionistas na folha de pagamento acima da idade-limite, para continuarem recebendo os valores que eram repassados aos membros da organização.

Continue Lendo

Vereador apresenta recurso e suspende título de cidadão à Bolsonaro

O vereador Tibério Limeira protocolou na manhã desta quinta-feira, 13, um memorando dirigido à Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa, solicitando a suspensão da concessão de títulos de cidadania pessoense durante o período eleitoral.

De acordo com o vereador, a medida é justificada pelo Ato da Mesa Diretora nº 02/2018, publicada em agosto desse ano. O ato normativo veda a realização de promoção pessoal e propaganda eleitoral em benefícios de candidatos dentro da estrutura da Câmara Municipal.

O vereador repreendeu o uso da honraria para a promoção de candidatos em plena campanha eleitoral. “Um título de cidadania neste momento se caracteriza meramente como um palanque eleitoral, para conseguir alguns minutos de exposição pública na Paraíba”, explicou.

O deferimento do pedido suspende temporariamente a votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 101/2018, que pretendia conceder a entrega do título de cidadão pessoense ao deputado do Rio de Janeiro Jair Messias Bolsonaro, candidato à Presidência da República.

Continue Lendo

Luiz Couto sobe o tom e diz que “candidato de Temer” deve ser tirado da política

Durante uma sabatina promovida nesta terça-feira, 11 de setembro, pela Rádio Campina FM, em Campina Grande, o candidato ao Senado pelo PT, Luiz Couto, elevou o tom e foi mais contundente em relação ao adversário, Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Vamos tirar o crime organizado da política paraibana, o crime organizado está tomando conta da política do nosso país, por isso o candidato de Temer em Campina Grande está escondido. Ele é contra a Paraíba, tenta atrapalhar o governo e é contra o povo”. A referência foi ao fato de um dos alvos do resgate do presídio PB1, Romarinho, ter sido assessor do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e também à prisão de uma candidata, Valquíria Jane (PSDB) que mantinha consigo parte de uma carga roubada e munições de calibre restrito, aliada e fã do senador tucano, cuja foto estampava em uma tatuagem nas costas.

Couto destacou que exerceu até agora seis mandatos sem que sobre ele houvesse denúncias de falcatruas ou corrupção. “Isso prova que é possível fazer política com ética. O problema é que muitos eleitores fazem uma generalização. Sei que há na política muitos que querem enriquecer e resolver seus problemas individuais através dos mandatos, mas não são todos. Considero que ética é fundamental na política”.

Continue Lendo

João comanda Caravana do Trabalho no bairro do Roger e afirma: “João Pessoa escolherá o lado do trabalho”

O bairro do Roger, em João Pessoa, alaranjou na noite desta terça-feira (11). O candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, comandou a Caravana do Trabalho no bairro, ao lado do candidato ao Senado Veneziano Vital do Rêgo (PSB), candidatos a deputado federal e estadual. Na atividade, João conclamou a Militância Girassol a empenhar-se nesta reta final do processo eleitoral, que acontece no dia 7 de outubro.

“Maravilha estar aqui esta noite onde temos a certeza que João Pessoa escolheu um lado, que é o lado do trabalho, da verdade, de quem fez esse estado crescer tanto. Essa caminhada é muito rápida, uma campanha que quando pensarmos já terminou, por isso precisamos que cada um de vocês compre conosco essa luta. Fale, visite, mostre aos companheiros, aos amigos, a família, para que possamos discutir política, e apresentar como alternativa esse projeto que mudou a Paraíba”, afirmou João.

Em seu discurso, Veneziano destacou a excelente gestão do governador Ricardo Coutinho e a importância de João, enquanto secretário de Estado, para esse trabalho.

“Vamos dar continuidade a esse trabalho, a esse projeto. Me sinto honrado em participar dessa chapa, ao seu lado, e sendo candidato de Ricardo, e claro, ao lado de Luiz Couto. Haveremos de nos multiplicar nos próximos dias”, disse o candidato a senador.

De acordo com João, o projeto de gestão implantado pelo PSB no Estado é importante, e “a continuidade desse projeto mais ainda”. Para isso, o socialista pediu que os paraibanos elejam a chapa completa: João e Lígia para o governo, e Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Luiz Couto (PT) para o Senado” e completou, afirmando que “a chapa foi pensada para seguir mudando a Paraíba e é composta por membros que tem compromisso com o Estado”.

Participaram da caravana no Roger os candidatos a deputado estadual João Gonçalves (Podemos), Danielle Bronzeado (PDT) e Cida Ramos (PSB); os candidatos a deputado federal Sandra Marrocos (PSB), Gregória Benário (PCdoB), Nonato Bandeira (PPS) e Fabrinni Brito (Avante). O suplente de senador Tavinho Santos, o vereador Bruno Farias (PPS), e a liderança local Branco do Gás também marcaram presença.

Continue Lendo