Cida confirma sua candidatura a deputada estadual em 2018 e afirma que João Azevedo é o nome mais forte no PSB para candidatura a governardor

A secretária de desenvolvimento humano do Estado da Paraíba, Cida Ramos, ratificou os rumores do partido de que João Azevedo é o nome mais forte para ser candidato a governador pelo PSB e revela que será candidata a deputada estadual em 2018, em 2016, a secretária foi candidata a prefeita pelo partido e obteve 33, 54% dos votos em João Pessoa. De acordo com Cida, ainda neste ano o próximo candidato será apresentado pela legenda, pois, segundo ela, tem que haver uma continuidade dos trabalhos que estão sendo concretizados na Paraíba.  

“Eu tenho certeza que esse ano nós apresentaremos ao povo paraibano a pessoa que vai dar continuidade ao que Ricardo realizou na Paraíba. O que foi feito na Paraíba nesses últimos oito anos pode ser desmontado ou vale a pena dar cotinuidade? O Orçamento Democrático, o Empreender o grau de investimento que foi feito em termos de infraestura na área social e na relação com as prefeituras através do pacto social”, afirmou Cida. 

Cida também confirmou sua candidatura como deputada estadual em 2018. “O meu nome está sendo colocado para deputada estadual e tenho sido muito cobrada pelas pessoas que votaram em mim. Onde eu chego seja nos bairros, seja na universidade elas dizem: ‘você não foi dessa vez mas queremos lhe ver lá’”, disse. Na última eleição Cida Ramos apoiou a candidatura de Estela Bezerra, porém, segundo a secretária, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) há “espaço” para as duas. 

Continue Lendo

Deputados inauguram obra viária e participam do Orçamento Democrático em Catolé do Rocha 

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Gervásio Maia, participou, ao lado do governador Ricardo Coutinho, de deputados estaduais e demais autoridades, da inauguração  do contorno de Catolé do Rocha. Na obra, foram investidos pelo Governo do Estado recursos na ordem de R$ 3,7 milhões.
De acordo com Gervásio, a obra era uma reivindicação antiga da população de  Catolé do Rocha. “O povo esperava essa obra há anos. O contorno vai promover o desenvolvimento da região, além de oferecer qualidade de vida, conforto e segurança aos motoristas que passarem pelo local. Hoje, a Paraíba vive um momento diferenciado. Pra nós é uma honra muito grande ver essa obra ser entregue”, ressaltou o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba.

 
O governador Ricardo Coutinho reafirmou a fala de Gervásio destacando a preocupação do Governo em interligar todos os municípios. “Só aqui em Catolé do Rocha, nós temos esse contorno, temos a ligação até a BR-230, com investimentos de mais de R$ 25 milhões e eu lembro como Catolé estava isolada, as demais regiões também. Nós tiramos todas as cidades da Paraíba do isolamento. O Estado passou a pensar em um outro patamar, a olhar todas as cidades e regiões”, pontuou.

 
Em seguida, a comitiva participou da 104ª plenária do Orçamento Democrático Estadual, que foi realizada no ginásio esportivo da Escola Normal Francisca Mendes. No local, foram entregues pelo chefe do executivo e legislativo para os municípios: ônibus escolares, laboratórios de informática, computadores para escolas estaduais, equipamentos para o Corpo de Bombeiros, viaturas para Polícia Militar, créditos do Empreender, entre outros.

 
Na ocasião, o secretário de Articulação Municipal e deputado licenciado Buba Germano, fez uma apresentação sobre as demandas do Governo na região. Para o gestor, o Orçamento Democrático faz com que a Paraíba avance em pilares importantes para a construção de políticas públicas. “O Orçamento Democrático faz com que a Paraíba tenha avançado em saúde, educação e segurança pública. Na área da Educação, por exemplo, foram construídas quase 2400 salas de aulas”, destacou Buba Germano.

 
Já o deputado Jullys Roberto, ressaltou a importância do Orçamento Democrático para o desenvolvimento do Estado. “Por meio desse instrumento o Governo do Estado tem trabalhado em todas as regiões. Como representante do Sertão, tenho um grande orgulho em apoiar esse projeto”, pontuou o parlamentar.

 
Também participaram da plenária popular os deputados Antônio Mineral, João Gonçalves, Galego Sousa, a vice-governadora, Lígia Feliciano, secretários de governo, prefeitos, vereadores e lideranças da região.

Continue Lendo

Sancionada lei que cria documento único de identificação


Foi sancionada na tarde desta quinta-feira (11) pelo presidente Michel Temer a lei que institui a Identificação Civil Nacional (ICN). Criada com o objetivo de unificar os cerca de 20 documentos de identificação usados no Brasil e para dificultar a falsificação que, anualmente, gera prejuízos de R$ 60 bilhões, a lei não substitui apenas passaporte e Carteira Nacional de Habilitação pelo novo documento.


A Justiça Eleitoral organizará uma base de dados nacional com informações de identificação de todos os cidadãos, para uso de todos os órgãos governamentais. O Plenário do Senado aprovou o projeto que deu origem à lei (PLC 19/2017), há exatamente um mês, no dia 11 de abril. O relator da matéria na Casa foi o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Anastasia avalia que a medida facilitará as relações entre o poder público e os cidadãos. Para o senador, a identificação de cada pessoa com um número único poderá coibir falsificações e permitir um acesso mais rápido e mais direto dos brasileiros aos benefícios a que têm direito.

Além de foto, esse documento único conterá dados do cadastro biométrico que está sendo organizado pela Justiça Eleitoral por meio dos registros feitos para o título de eleitor. Não será necessária a troca imediata do documento que ainda estiver válido. Entre osvetos ao projeto, está o da parte que garantia a gratuidade da nova identificação.

Também foi vetado o artigo que dava à Casa da Moeda a exclusividade para a implantação e fornecimento do documento. De acordo com informações da Agência Brasil, um dos entusiastas do projeto é o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Guilherme Afif Domingues. Ele explica que com a nova documentação será possível amenizar os prejuízos causados no país por conta de fraudes por dupla, tripla ou falsidade de identificação.

 

Primeiramente, será feito um cadastro central e, só depois, ao longo do tempo, a unificação do número. A previsão inicial é de conclusão do cadastro entre os anos de 2020 e 2021.

Com informações do Senado Notícias

Continue Lendo

Em Brasília: Ricardo solicita leilão para linha de transmissão que vai fortalecer capacidade de energia da PB



O governador Ricardo Coutinho se reuniu, na tarde desta quinta-feira (11), em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho. Na audiência, o chefe do Executivo estadual solicitou um leilão para uma linha de transmissão de energia que vai ligar Milagres, no Ceará, até Campina Grande, na Paraíba, visando fortalecer a capacidade de energia do Estado. Esta grande linha de transmissão representa cerca de R$ 500 milhões de investimento e vai facilitar a distribuição da energia eólica do Estado.


Após a reunião, Ricardo Coutinho comentou sobre a importância desta linha de transmissão de energia para o desenvolvimento do setor eólico e solar. “Discutimos uma intervenção e reivindicamos um leilão para uma grande linha de transmissão de energia que vai ligar Milagres, no Ceará, até Campina Grande. Essa linha é essencial para escoar a geração de energia eólica que hoje está se concentrando lá em Santa Luzia, no Seridó, saindo até Teixeira. Esta é uma das melhores regiões do Brasil e é a nova fronteira de investimentos para produção da energia eólica e também a energia solar, já que temos uma termo solar se instalando lá em Coremas”, explicou.

De acordo com o governador, todo esse processo de crescimento neste setor só tem capacidade de existir e ser ampliado se houver o escoamento dessa energia. “Para isso precisamos desta grande linha que representa cerca de R$ 500 milhões de investimento, porém gerando, em dois ou três anos, algo em torno de R$ 10 bilhões, o que é algo extremamente vantajoso e fundamental para o Estado. Além disso, solicitamos ao ministro Fernando Bezerra que começasse a linha de Pau Ferro, em Pernambuco, até Santa Rita para a região metropolitana de João Pessoa e a outra linha é Pau Ferro até Campina Grande. Esta última foi licitada recentemente, ainda está no prazo, mas a primeira era para ter sido iniciada em 2011 e não foi, então é preciso correr com isso para fortalecer a nossa capacidade de energia”, observou.

Ricardo Coutinho afirmou ainda que para um Estado se desenvolver é necessário que tenha três itens essenciais: estrada, energia e água. “Estrada, nós temos as melhores do país, energia estamos em busca e quanto a água estamos conseguindo expandir demais nossa segurança hídrica em todas as regiões. Portanto, podemos dizer que a Paraíba está no melhor dos caminhos”, concluiu.

Continue Lendo

Na Câmara, André Amaral defende a vaquejada e afirma que é “instrumento de transformação social”

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, nesta quarta-feira (10), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/17, do Senado, que não considera cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, como a vaquejada, se forem registradas como manifestações culturais e bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro. A PEC foi aprovada por 366 votos a 50 e precisa passar por um segundo turno de votação na Câmara.

 

O deputado federal  André Amaral (PMDB-PB) se posiciona a favor das vaquejadas. André afirma  que a vaquejada é um esporte de raiz brasileira, a defende como tradição  e cultura nordestina. “Em favor do esporte mais genuinamente brasileiro, como vaqueiro, como nordestino, como alguém que acredita na vaquejada não só como esporte, não só como tradição, mas como instrumento de transformação social do povo do nosso nordeste”, afirmou.
Em 2017, André Amaral assumiu a cadeira de deputado. André foi eleito como primeiro suplente com mais de seis mil votos, em 2014.

 

Recentemente, em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional a prática porque submeteria os animais a crueldade. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), acatada por seis votos a cinco, foi proposta pelo procurador-geral da República contra a Lei 15.299/13, do estado do Ceará, que regulamenta a vaquejada como prática desportiva e cultural no estado.

 

Continue Lendo

No encontro de governadores do Nordeste Ricardo diz que “não existe nenhuma saída de recessão que não passe por investimentos públicos”

Nesta quinta-feira (11), o governador Ricardo Coutinho participou do Fórum dos Governadores do Nordeste, no Centro de Operações e Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, para a 7ª edição do “Encontro dos Governadores do Nordeste”. A reunião  discute a criação de uma Previdência Complementar do Nordeste. Também foram discutidas medidas para melhorar o cumprimento da lei do alongamento da dívida dos estados com o BNDES, além de iniciativas para garantir o cumprimento do acordo da cota para empréstimos anualizados.

 

O governador Ricardo Coutinho comentou sobre as pautas que são importantes não só para o Nordeste, como para o Brasil. “Eu acho que são pautas importantes não só para o nordeste, mas fundamentalmente para o Brasil. O sentimento que eu tenho é que o Brasil parou há dois anos atrás e nada consegue andar, você aprova uma lei de renegociação de dívidas, essa lei não consegue entrar em vigor um ano depois. Você tem discussões com a Presidência da República sobre liberação de créditos, e estou falando de estados que estejam equilibrados no que se refere a situações fiscais, há um ano atrás, e depois de você ter acordado, acertado, absolutamente nada acontece”, disse.

 

Sobre a situação de crise econômica do país, Ricardo afirmou que “não existe nenhuma saída de recessão que não passe por investimentos públicos”.

 

 

Continue Lendo

Notícias

Ouça: Gervásio destaca importância da ALPB permanecer na Praça João Pessoa

Após assinar o contrato de reforma da Casa de Epitácio Pessoa que tem por objetivo oferecer melhores condições de trabalho aos servidores, Gervásio Maia destacou a importância da Casa estar situada na Praça dos Três Poderes.

 

“Resolvemos o problema do estacionamento da Casa, a Assembleia adquirindo patrimônio, comprando imóveis. Na reforma do Plenário nós contratamos o renomado arquiteto paraibano Expedito Arruda, queremos reformar todo aquele subsolo para que a Casa fique modernizada e funcionando a altura das expectativas do povo paraibano e mantendo a Casa ali. Retirando a Assembleia da Praça dos Três Poderes é apagar uma parte da nossa história e não apenas apagar uma parte da nossa história. isso de certa forma traria um prejuízo muito forte ao nosso comércio, o do centro da cidade. ”

 

Ele ainda disse que uma das prioridades é que a ALPB continue funcionando normalmente durante as obras. Também comentou sobre o tempo de conclusão da obra.

 

“O nosso objetivo é que a Assembleia continue funcionando normalmente mesmo diante de uma obra dessa magnitude. Serão investidos entre R$ 4 e 5 milhões , na obra de todo subsolo da casa a previsão de conclusão do projeto arquitetônico é em torno de 30 a 40 dias depende evidentemente da equipe do arquiteto são muitos projetos que estão sendo trabalhados e depois vem o processo licitatório”.

 

 

Read More...