Wendell Rodrigues se mantém como um dos jornalistas mais premiados do Brasil

Pelo oitavo ano consecutivo, Wendell Rodrigues se manteve como um dos mais premiados jornalistas da história do Brasil. É o que aponta levantamento anual publicado nesta sexta-feira (18) pelo site Jornalistas&Cia, em parceria com Portal dos Jornalistas. O ranking avalia mais de 150 premiações jornalísticas nacionais e internacionais.

Entre os profissionais com atuação na TV e no rádio, o Wendell Rodrigues, que é pernambucano com cidadania paraibana, aparece liderando o ranking nas regiões Norte e Nordeste.

Em sua trajetória profissional, Wendell Rodrigues já conquistou mais de 80 premiações, com destaque para os prêmios José Hamilton Ribeiro (Edição Internacional), Anamatra de Direitos Humanos (Organizado pela Associação Nacional dos Magistrados Trabalhistas) e Banco do Nordeste de Jornalismo (sete vezes).

“Eu fico feliz, especialmente, porque premiações são fruto do reconhecimento ao trabalho sério, que sempre desenvolvemos, ao lado da equipe”, resumiu Wendell. O levantamento também aponta o Sistema Correio de Comunicação como um dos mais premiados grupos de comunicação do Nordeste.

Quando o levantamento é ampliado para todo o Brasil, o profissional paraibano fica em 26º lugar entre os mais premiados da história. Também aparecem no ranking, outros jornalistas tradicionais e de atuação nacional, como Juca Kfour (32º lugar), Elio Gaspari (104º lugar), Ricardo Noblat (114º lugar), Merval Pereira (134º lugar), Ancelmo Goes (134º lugar) e Heródoto Barbeiro (154º lugar).

Continue Lendo

Roberto Santiago pede à justiça liberação de lamborguini que foi bloqueada na Xeque-Mate

A defesa do dono do Manaíra Shopping, Roberto Santiago, protocolou pedido na Vara Mista da Comarca de Cabedelo solicitando o desbloqueio da lamborghini que fora bloqueada judicialmente.

Em sua argumentação, a defesa alega que o veículo havia sido vendido antes da deflagração da Operação Xeque-Mate para a empresa Top Speed Comércio e Serviços LTDA – ME.

Para compensar o valor do veículo e outros bens que já havia sido negociados, segundo a defesa, a mesma anexou lotes de terreno que poderiam ser usado para suprir o valor de bens indisponíveis.

Entenda

No dia 7 de novembro do ano passado, a Justiça determinou o bloqueio de seis carros do empresário. Os bens deveriam totalizar R$ 10,8 milhões. Confira os veículos:

1. I/ PORSCHE 911 TURBO, placa OVV 0911;
2.I/LAMBORGHINI G SPYDER, placa OEW 4004;
3.IPORSHE CAYEBBE S, placa EUD 8885;
4.I/HYUNDAI AZERA 3.0 V6, placa OGB 1376;
5.R/CARVEITEC CA 500, placa NPX 3975;
6.I/FORD TAURUS LX, placa JED 0975;

Veja a petição aqui

 

Continue Lendo

Assessoria da Geap rebate acusações de blogueiro e promete acionar esfera jurídica

A assessoria de comunicação do Geap entrou em contato com o Blog de Diego Lima para rebater as acusações de um blogueiro do Distrito Federal. Ele acusou dirigentes da entidade, Leopoldo Jorge Alves Neto e o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) de oferecem um contrato de R$ 50 mil para o que o mesmo apagasse publicações em que criticava a Geap.

Leia:

NOTA

A Geap nega, com veemência, todas as informações publicadas pelo referido Blog. Considera que as acusações são absurdas, irresponsáveis e têm o claro propósito de caluniar e difamar, a reputação de pessoas, que sempre pautaram sua atuação de forma íntegra e ética.

No instante que se discute o combate às ‘fake news’, conteúdos assim configuram um deserviço a sociedade.

A empresa mantém uma relação republicana, aberta e transparente com os veículos de comunicação de todo o Brasil. E defende o jornalismo sério, livre e plural. E sempre pautará sua atuação, exclusivamente, pela verdade.

A Geap, que é referência no atendimento em todo o Brasil, irá tomar as medidas judiciais cabíveis para zelar pela história de mais de 70 anos de compromisso com a saúde da sociedade brasileira.

Assessoria de Comunicação

Continue Lendo

Aumento abusivo: Unimed-JP é obrigada a diminuir valor de plano de saúde

A Unimed João Pessoa foi obrigada a baixar o valor cobrado por plano de saúde de uma usuária. A justiça considerou o aumento abusivo.

A usuária pagava R$ 1.082,36 e, ao completar 60 anos, o valor do plano aumentou para R$ 1.760,68, valor superior aos 50% de reajuste. A tabela exposta no contrato, no entanto, determinava um acréscimo de apenas 43%.

A 9ª Vara Cível de João Pessoa determinou que aumento respeite o contrato, sob pena de R$ 1.000 por dia de descumprimento, podendo chegar a R$ 20 mil.

Além disso, a unidade hospitalar foi obrigada ao pagamento dos honorários advocatícios, no valor de R$ 8 mil.

Confira a decisão aqui

Continue Lendo

Blogueiro do DF acusa Aguinaldo Ribeiro de oferecer R$ 50 mil para silenciá-lo

Um blogueiro que atua na política no Distrito Federal acusou o parlamentar paraibano Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) e o diretor-executivo da Geap Autogestão em Saúde, Leopoldo Jorge Alves Neto, de tentarem silenciá-lo com subornos financeiros.

Donny Silva, autor do blog ‘Políticas e Atualidades‘, disse que após publicar três matérias na qual abordava o diretor e o deputado federal, ele foi contatado pelo assessor da instituição, o jornalista paraibano Wendell Rodrigues, para colocar uma nota da Geap no blog.

Após publicar a nota, o blogueiro teria marcado um encontro com Wendell. Durante a ocasião, o paraibano teria oferecido um contrato que totalizava R$ 50 mil, para que o blogueiro publicasse ações da Geap. Tão logo aceitou a proposta, lhe foi solicitado a remoção das matérias.

Segundo Donny, ele enviou o dinheiro e o material para as autoridades competentes. Toda a sua movimentação teria sido no sentido de fazer com que “eles colocassem suas digitais no movimento para manter um esquema de corrupção dentro da GEAP”.

Confira a postagem abaixo e os prints das conversas com Wendell:

O ministro Onyx Lorenzoni está certíssimo quando fala em despetetizar o Governo Federal. Agora só falta despepetizar também. Recentemente recebi várias denúncias contra a direção da  GEAP, que tem um orçamento bilionário que tem feito a alegria de alguns intrépidos políticos e agentes públicos corruptos nos últimos anos.

Tão logo divulguei uma sequência de três matérias sobre o Diretor-Executivo da GEAP, Leopoldo Jorge Alves Neto e seu padrinho político, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), recebi, no dia 08/01/2019  uma mensagem de Wendell Rodrigues, assessor de comunicação da GEAP, que pedia para que eu entrasse em contato com ele. Liguei,  e ele, extremamente cauteloso nas palavras, perguntou-me se teria como postar uma nota da GEAP neste Blog (www.donnysilva.com.br). Pedi a ele que enviasse a referida nota e após ler a mesma, postei, uma vez que era uma nota institucional que não discordava de nada que havia postado sobre a empresa e seus personagens. Logo percebi que se tratava uma estratégia para intimidar e silenciar o Blog. Comecei então o jogo para ter mãos as digitais dos corruptos que de fato comandam a GEAP.

No dia seguinte, Wendell me agradeceu pela publicação através do whatsApp e solicitou um encontro pessoalmente no dia seguinte, quinta-feira, dia 10/1. Marcamos um café e nos reunimos conforme combinado, para as 8h30 na Torteria Di Lorenza no Sudoeste. A conversa foi agradável e ele, ao final da mesma, me propôs uma parceria comercial com a GEAP. Seria um contrato com duração de seis meses, no valor de R$7 mil mensais e o primeiro pagamento no valor de R$15 mil. Ele pediu os dados da minha empresa e me repassou, via WhatsApp, os dados da GEAP para confecção do contrato. O pagamento inicial seria creditado na conta da minha empresa no dia 16/01/2019, tendo como objeto, a divulgação das ações da GEAP. Ele também me repassou seu e-mail pessoal (wendellrodriguesjp@yahoo.com.br). E por último, ao fim do encontro, pediu-me para que enviasse a nota fiscal do primeiro pagamento naquele mesmo dia, para poder “agilizar” dentro da empresa, e que o contrato seria feito e assinado nesta segunda-feira (14/01).

Tão logo enviei a nota fiscal, ele me enviou uma matéria em que enaltece as qualidades do gestor Leopoldo (http://donnysilva.com.br/Geap elabora Planejamento Estratégico de forma democrática e participativa). Novamente me agradeceu ainda na quinta-feira, e afirmou que já teria avançado em todos os trâmites internos sobre a nota, e que tudo estava “ok”.

Na sexta-feira (11/01), por volta das 06h58 da manhã, através do WhatsApp ele solicita a retirada dos links negativos, e pede para que fossem retirados antes do meio-dia. Sinalizei que sim, porque estava com essa atitude, dando a oportunidade para que eles colocassem suas digitais no movimento para manter um esquema de corrupção dentro da GEAP. Retirei os três posts.

Já no sábado (12/1), pela manhã, como estratégia, retornei os três links, e às 16h22, Wendell me ligou insistentemente mas não o atendi. Ele então me mandou um zap com a seguinte mensagem: “Tentei te ligar há pouco. Creio que tenha acontecido algo. Um link retornou. Posso ligar para você?”

E novamente retirei os três links que tanto incomodavam a turma do petista Leopoldo e do pepista Aguinaldo Ribeiro. Mais uma vez Wendell me agradeceu. Ainda no sábado pela manhã, fui informado pela minha esposa, que havia um depósito de R$14.250,00 na conta de minha empresa, antes mesmo de ter assinado o contrato.

Tal feito revela a cumplicidade entre petistas e pepistas com o nítido desejo de permanecerem no comando do bilionário orçamento da GEAP. Aguinaldo Ribeiro, deputado federal, é o homem por trás do que acontece na GEAP, e está na Lava Jato e é contra o presidente Jair Bolsonaro.

Ao relatar a história acima (devidamente registrado), espero que as autoridades tomem as devidas providências para que o ciclo de corrupção que atinge a GEAP nos últimos anos, tenha um ponto final. O recurso recebido em nome da minha empresa, está à disposição das autoridades competentes. Sou jornalista investigativo com um blog atuante no Distrito Federal, que já desmascarou muitos políticos hipócritas e agentes públicos insaciáveis e ávidos por dinheiro fácil.

Deputado federal Aguinaldo Ribeiro, o verdadeiro “dono” da GEAP, com tentáculos em várias partes do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

O novo governo precisa realmente despetetizar e despepetizar a GEAP, o INSS, o sistema “S”, etc, para o bem do Brasil. A corrupção faz a alegria de alguns e inferniza a vida de milhões de pessoas de bem que só querem ter saúde, educação, segurança e qualidade de vida. As ações protagonizadas por Leopoldo e sua turma, foram no sentido de silenciar as denúncias contra a gestão mentirosa e corrupta dele no comando da GEAP com o apoio de Aguinaldo Ribeiro, o deputado do PP que hoje está muito bem de vida.

E que os tentáculos da PF façam uma varredura nas façanhas do petista Leopoldo e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro e coloque um ponto final na farra que ocorre na GEAP.

Confira alguns prints da minha conversa com o assessor de imprensa da GEAP, que estava à mando de Leopoldo e Aguinaldo para tentar calar este blog, para o desespero da quadrilha:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continue Lendo

Processos da Xeque-Mate devem desembarcar até amanhã no Judiciário Paraibano

O ministro Félix Fischer,  relator da Operação Xeque-Mate no Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou que todos os processos referentes à mesma, voltem para a esfera estadual. Desta maneira, todos os investigados na operação, inclusive Leto e os vereadores, devem ser julgados pela Justiça de Cabedelo, uma vez que não possuem prerrogativa de foro.

A previsão é que os processos desembarquem até esta quarta-feira (16) ao judiciário paraibano   e deverão ser julgados pelo juiz da 1ª Vara Criminal do Município de Cabedelo, Salvador de Oliveira Vasconcelos.

O único caso que permanecerá no STJ é o que envolve uma suposta venda de liminar por parte do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, envolvendo o conselheiro Fernando Catão, que tem foro privilegiado, e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Continue Lendo

Fusão e extinção não põem fim às atribuições dos órgãos da Administração Indireta

A fusão e extinção de órgãos da Administração Indireta do Estado vão gerar uma economia de aproximadamente R$ 26 milhões por ano aos cofres públicos, que serão investidos em obras e políticas públicas. Isso, no entanto, não põe fim às atribuições desses órgãos, cujos serviços ofertados à população deverão ser mais qualificados.

Uma dessas medidas, a de número 277, funde a Emater, a Interpa e a Emepa e institui a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca. A fusão permitirá ao Estado uma economia de R$ 20 milhões por ano, com a redução de 500 para 74 cargos comissionados.

“A nova empresa criada pelo Governo do Estado, com a junção da Emepa, Emater e Interpa, teve como objetivo o enxugamento e modernização administrativa, com a preservação de todos os serviços da pesquisa, extensão e regularização fundiária. Nada mudará em relação às atividades de pesquisa e extensão. Ao contrário, haverá maior agilidade e desburocratização dos serviços prestados à sociedade paraibana, com qualidade e menor custo. Portanto, todo o patrimônio das empresas será preservado, tanto o científico, quanto material e intelectual”, ressaltou o diretor de Pesquisa Agropecuária Empaer, Manoel Duré,.

O presidente da Empaer, Nivaldo Magalhães, reforçou a declaração do diretor de Pesquisa Agropecuária, citando como exemplo as estações de pesquisa da antiga Emepa. “Nenhuma estação de pesquisa foi fechada com a fusão das empresas. Pelo contrário, elas estarão mais fortalecidas, os projetos de pesquisas estão tendo continuidade para continuar oferecendo aos criadores a genética bovina, caprina e ovina que todos conhecem”, explicou.

De acordo com a Medida Provisória, a Empaer terá como objetivo básico programar, executar e fiscalizar a política estadual de assistência técnica, extensão rural, pesquisa e regularização fundiária, com vistas ao desenvolvimento da agropecuária e da pesca. Compete também: colaborar com os órgãos competentes da Secretaria da Agricultura e Abastecimento e do Ministério da Agricultura na formulação e execução das políticas de assistência Técnica e extensão no Estado; planejar, coordenar e executar programas de assistência técnica e extensão rural, visando à difusão de conhecimentos de natureza técnica, econômica e social para aumento da produção e produtividade agrícola e a melhoria das condições de vida no meio rural do Estado da Paraíba, de acordo com a política de ação dos Governos Federal e Estadual; promover a pesquisa para o desenvolvimento científico e tecnológico aplicado à
agropecuária do Estado da Paraíba; promover o desenvolvimento rural, a colonização e o planejamento agrícola e agrário, bem como a legalização das terras públicas para o assentamento de rurícolas observadas as disposições da legislação federal pertinente.

Continue Lendo