Opinião: Respeita a Polícia, “Lampião”

A Polícia Militar da Paraíba tem se destacado em todo o Brasil, assim como as demais forças de Segurança Pública do Estado, por muitos feitos alcançados, dentre eles a redução por sete anos consecutivos do número de assassinatos.

A Polícia Militar da Paraíba é destaque também na atuação pautada pelos direitos humanos, sendo uma das que menos mata e menos morre, proporcionalmente no país. E faz isso “sem alisar bandido”, como tá na moda dizer. Faz com inteligência, estratégia e dentro da lei, sem dar, nem tirar direito, que o Código Penal e a nossa Constituição não preveja.

Pois bem, a nossa Briosa foi vítima de uma fake news publicizada pelo deputado estadual Walber Virgolino, que por conta do nome se autointitulou de “Lampião”.

Virgolino se emprenhou pelos ouvidos e no afã de atacar o Governo, atingiu foi a Polícia Militar, através dos comandantes do 1º Batalhão e da 6ª Cia, em Cabedelo, e consequentemente toda a tropa.

Walber foi as redes sociais “fakear” que os presos preventivos, Roberto Santiago, o Dono do Shopping, e a ex-secretária Livânia Farias, estavam sem privilegiados com aparelhos de ar-condicionado e até com “esterilização” do cães da PM.

Para não dar muito crédito a mentiras, basta dizer que no 1º Batalhão não tem cachorro, a não ser os que passaram vagabundamente pela Praça Pedro Américo.

O deputado foi desmentido pela Secretária de Comunicação do Estado e pelo comando das unidades atacadas pela fake.

Talvez Walber nunca esperasse escutar isso, mas é preciso dizer: Respeita a Polícia, “Lampião”.

Continue Lendo

Em nota PMPB diz que informações divulgadas por Walber Virgulino de privilégios para Roberto Santiago são falsas

A Polícia Militar da Paraíba divulgou na noite desta segunda-feira, por meio de  sua Coordenadoria de Comuniçao Social, uma nota onde rechaça informações divulgadas pelo Deputado Estadual Walber Virgulino de que a polícia  teria instalado aparelho de ar condicionado na cela que está cumprindo prisão preventiva o empresário Roberto Santiado no Primeiro Batalhão de Polícia militar.

Confria a nota:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Coordenadoria de Comunicação Social da Polícia Militar da Paraíba vem a público esclarecer que SÃO FALSAS as informações divulgadas pelo deputado estadual delegado Walber Virgolino, de que a corporação teria instalado aparelhos de ar-condicionado em celas do 1º Batalhão e da 6ª Companhia Independente. O equívoco do parlamentar em divulgar essas NOTÍCIAS FALSAS acaba maculando a imagem da corporação e todos os seus profissionais perante a opinião pública, já que nessas unidades militares estão presos o empresário Roberto Santiago e a ex-secretária Livânia Farias, respectivamente.

Cabe informar que no 1º Batalhão não tem cachorros, pois o Canil da corporação fica instalado em Cabedelo, para conhecimento do deputado, portanto, É FALSA A INFORMAÇÃO de que “foram levados cachorros do BPM para veterinário particular para evitar doenças”. Do mesmo modo, É FALSA A INFORMAÇÃO de que foi instalado “ar-condicionado na cela do dono do shopping”. A única instalação de ar-condicionado no Batalhão foi na sala do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), que fica em um pavimento superior ao da cela do citado preso.

Já na 6ª Companhia Independente, as celas foram transformadas em salas de estado-maior, a pedido da OAB, há mais de um ano, ficando as janelas lacradas e isso retirou toda a ventilação desses locais. Há 8 meses, quando a unidade recebeu a primeira presa após a mudança, ela solicitou ventilação e foi autorizada pela Companhia a colocação desse aparelho, que passou a servir a ela, a outra presa que chegou depois e recentemente à ex-secretária Livânia Farias, portanto É FALSA A INFORMAÇÃO do deputado de que “instalaram sábado ar-condicionado na cela para atender a ex-secretária Livânia Farias”.

Ao tempo em que repudia a atitude da divulgação dessas informações falsas, a Coordenadoria de Comunicação Social da Corporação se coloca à disposição do deputado para qualquer esclarecimento, o que evitará que novos episódios de divulgação de Fake News aconteçam por parte do parlamentar e acabem denegrindo a imagem da briosa Polícia Militar da Paraíba e de seus honrosos integrantes.

_Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing da Polícia Militar da Paraíba (EM/5)_”

Continue Lendo

Novo áudio envolvendo secretários de Luciano Cartaxo

Já circula novos áudios vadios envolvendo secretários da Prefeitura de João Pessoa num suposto esquema de corrupção. Esse novo áudio abala o alicerce do Paço Municipal.

Continue Lendo

Pedro Cunha Lima na agenda de Roberto Santiago

O nome do Deputado Federal Pedro Cunha Lima consta na agenda de Roberto Santiago. O nome do Filho de Cássio estava consignado na agenda  para ser recebido pelo empresário Roberto Santiago, conforme documentos apreendidos pela Polícia Federal.

Continue Lendo

Xeque-Mate tem novo relator no TJPB

A Operação Xeque-Mate, que investiga um suposto esquema de corrupção da cidade de Cabedelo tem novo relator no Tribunal de Justiça da Paraíba. Trata-se do Desembargador Arnóbio Teodósio, que foi o novo sorteado para comandar os processos decorrente da xeque-mate no TJPB. Antes o relato era o Desembargador João Benedito.

Continue Lendo

Parcela Débito sem juiz pra julgar

O processo decorrente da Operação Parcela Débito, que investiga um suposto esquema de corrupção no Instituto de Previdência do Município de João Pessoa (IPM-JP), está sem juiz desde o último dia 11 de março, quando o juiz Wolfran da Cunha Ramos se julgou impedido de conduzir o feito, tendo em vista que seu irmão, o desembargador Márcio Murilo é o relato do processo no Tribunal de justiça. Outros juízes se averbaram suspeitos. O TJPB deve designar nos próximos dias um juiz para comandar esse processo.

Continue Lendo

Julian Lemos acha que Carlos Bolsonaro lhe grampeou, diz revista.

A Crusoé publica que o deputado federal Julian Lemos, do PSL, vê as digitais de Carlos Bolsonaro no grampo telefônico de que foi alvo, divulgado por O Globo.

É uma acusação grave.

(O antagonista)

Continue Lendo