Habemus Arcebispo na Arquidiocese da Paraíba

Informações que chegaram de Roma ao signatário deste blog dão conta de que a Igreja Católica na Paraíba já tem Arcebispo.
Segundo essa mesma fonte informou, a Congregação Para os Bispos, no Vaticano, teria enviado o nome do atual Bispo de Vitória da Conquista, na Bahia, Dom Luís Gonzaga da Silva Pepeu, para comandar a Cúria Paraibana, restando  somente o Papa Francisco chancelar ou não  o nome dele.

Com um Papado mais progressista, o Papa Francisco solicitou mais informações sobre Dom Pepeu, já que um assessor do Papa Argentino o informou que o bispo de Vitória da Conquista defendia ideias conservadoras.

Resta agora esperar a decisão final de Francisco.

 

Continue Lendo

Livro bomba!

Livro escrito por ex seminarista pode abalar igreja católica na Paraíba

Um livro que está sendo escrito pelo ex seminarista Anderson Almeida, pode causar mais estragos na arquidiocese da paraíba, que ainda sofre os efeitos dos escândalos que resultou na queda do arcebispo emérito Dom Aldo Pagoto.
Em postagem feita no Facebook o ex seminarista promete expor momentos aterrorizantes, vivido pelo mesmo, na época em que estudava no seminário.
Veja a postagem feita pelo jovem em sua página pessoal no facebook:

Continue Lendo

É GASTO!!

EXCLUSIVO: Em menos de um ano Cássio utiliza 124 mil reais do Senado para pagamento de pesquisas

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), atual vice presidente do Senado, parece nutrir um amor platônico por pesquisas. O Moruxauá do tucanato paraibano, já depois de perder as eleições de 2014, talvez de olho em 2016, resolveu no ano de 2015 torrar verbas públicas para contratar institutos de pesquisas, pagando  valores altíssimos, sem o devido processo licitatório, como determina os princípios que regem a administração pública, respeitando a moralidade e a probidade.

O ex governador, que que já teve o mandato passado a lâmina mais de uma vez pela justiça eleitoral, por falta de zelo na gestão dos recursos públicos, parece que não aprendeu nada com as duas cassações.  E o que mais chamou a atenção deste blogueiro, é que, em apenas dez meses de um ano pré eleitoral, Cássio retirou dos cofres públicos a soma de 124 mil reais do cotão, que é uma verba disponibilizada pelo Senado para que os congressistas possam exercer suas atividades para pagamento de pesquisas.

Para você ter uma ideia, caro leitor, no mês de março, Cássio pagou a empresa Consultoria e Pesquisa Técnica LTDA, o valor de 15 mil reais e em abril, realizou outro pagamento no valor de 20 mil reais, para a mesma empresa.

Não satisfeito com os gastos dos recursos oriundos do erário, o senador paraibano resolveu turbinar o bolso de uma outra empresa de pesquisa. Desta vez a sortuda escolhida pelo tucano foi a Virtu Análise Estratégia LTDA, que recebeu em uma única nota, a bagatela de R$ 44.500,00.

E não parou por aí, pois no mês seguinte, em outubro, o “Manda Chuva”, da Rainha da Borborema, investiu mais R$ 20.000,00 na Virtu, valor este que não foi suficiente, tendo em vista que o mesmo efetuou pagamento na mesma empresa, a quantia de  24 mil e 500 reais.

Somando os pagamentos efetuados, verificamos um total de R$ 124 mil reais somente para duas empresas, que de forma estranha tem sede na Paraíba, conforme o blog apurou.

Enquanto isso, o brasileiro sofre as consequências de uma grave crise econômica e ainda convive com um alto índice de desemprego. No entanto, o senador parece ignorar as cobranças que ecoam das ruas e prefere gastar verba pública sem o mínimo respeito ao contribuinte, que já não aguenta mais pagar tanto imposto e ver seu dinheiro sendo gasto de forma irresponsável.

Confira abaixo, em destaque, uma das notas que comprovam os gastos do senador:

Continue Lendo

E a crise?

Senadores da Paraíba gastam mais de meio milhão com despesas de gabinete

A Paraíba é um estado que, historicamente, elege os mesmos políticos para representar seu povo, políticos estes que se gabam de um discurso bonito e atraente, mas que bastam chegar a um cargo político que desmontam tudo que foi falado no período eleitoral.

Os senadores paraibanos fazem “farra” com as verbas de gabinete e com os ressarcimentos  de gastos no Congresso Nacional. Usam o dinheiro público para despesas como publicidade, divulgação própria, alimentação e combustível. Fica a pergunta: A população recebe um pagamento “extra” para suprir suas necessidades pessoais? Pois é, enquanto isso, os representantes da Paraíba no senado gastaram R$ 588.647,20 com esse tipo de despesa.

E não é nada absurdo, em 2015 o gasto foi ainda maior R$ 728.058,21. Até quando a população vai aturar esse total descontrole com o dinheiro público?

No ano passado, o senador José Maranhão gastou R$244.012,00 e o curioso foram os gastos exorbitantes com passagens aéreas e combustível, pelos quais o senador gastou em 5 dias, R$ 11.000.

Em 2015, ano posterior à derrota sofrida por Cássio Cunha Lima na disputa pelo Governo da Paraíba, o tucano gastou R$ 409.746,50. O curioso é que nesse ano, ele gastou mais que o dobro da soma dos gastos de 2016 e 2014. Isso é no mínimo estranho.
Outro fato curioso envolveu o ex-senador Cícero Lucena. Quando ele deixou o senado, no dia 1º de janeiro de 2015, ele ainda gastou R$ 11.768,01 com passagens aéreas e locação de veículos. Isso em menos de 48h.

O que deve ficar de lição para a população é o preço do voto. Hoje o voto de 1,04 milhão de paraibanos vale um gasto de R$ 1.235.397,34 com despesas de gabinete. O que o Senador Cássio Cunha Lima teria de argumento para justificar tal absurdo?

Continue Lendo

Voando Alto

Senador da Paraíba gasta mais de 11 mil reais em oito dias para abastecer seu avião com verba do Senado


Um levantamento feito pelo signatário deste blog, realizado no site do senado, conseguiu informações sobre os gastos com combustível para abastecer a aeronave pessoal do senador José Maranhão.

O morubixaba do PMDB paraibano gasta boa parte da sua cota parlamentar para abastecer o próprio avião e fazer viagens, não se sabe se para atividades parlamentares ou para atividades particulares, o que se sabe é que o senador paraibano tem gastado muito dinheiro do erário público.  Em julho do ano passado, por exemplo, o senador torrou mais de 11 mil reais em apenas oito dias para encher o tanque de seu avião. Chama atenção uma das datas, dia 26 de julho de 2016, quando foram “investidos” R$ 3.152,00 em somente uma nota fiscal de querosene na aeronave.

Esses abastecimentos aconteceram na empresa do ramo de combustíveis posto Pioneiro Ltda., que está presente nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Paraíba, mais precisamente no aeroclube, local onde o senador deixa sua aeronave.

Apesar do Brasil enfrentar uma grave recessão econômica, os senadores brasileiros dobraram os gastos em 2016.  O pmedebista parece não se preocupar muito com a crise e não tem economizado quando o assunto é voar alto.

Em 2015, não foi diferente. Notas fiscais com valores exorbitantes entre os dias 11 e 22 de maio para abastecimento. 11 mil reais em apenas 04 dias de viagens.

Infelizmente, nosso povo pobre e sofrido, fica a ver aviões e pagando as contas, enquanto nossos representantes sobrevoam o universo da imoralidade e viajam nas asas do absurdo.

WhatsApp Image 2017-02-15 at 14.31.50

Continue Lendo