Cumprindo agenda fora da PB, Ricardo Coutinho se reúne com Lula em São Paulo

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), cumprindo agenda em São Paulo, visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede do PT no Estado.

Eles conversaram sobre o cenário político nacional e sobre a futura viagem do ex-presidente Lula à Paraíba.

Continue Lendo

André Amaral atende pautas de agricultores e articula visita de secretário de Segurança Alimentar à Paraíba para audiência

Após ocupação de agricultores familiares e movimento sociais na sede da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) de João Pessoa, na última terça-feira (11), o deputado federal André Amaral se reuniu com o secretário Caio Tibério Dorneles da Rocha, da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sesan) do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para cobrar a continuidade dos programas PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), Compra com Doação Simultânea e PAA Leite, pautas dos manifestantes.

Segundo André Amaral, os projetos tem grande amplitude no Estado e beneficiam milhares de famílias, além de serem fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar e a permanência dos agricultores no campo.

O secretário Caio Rocha reconheceu que houve contingenciamento de recursos e dificuldade nos repasses de verbas para os programas, mas garantiu que irá dialogar com outras instâncias, inclusive com o presidente Temer, para a recomposição dos recursos.

Além disso, o secretário ficou de agendar uma visita à Paraíba, juntamente com o deputado paraibano, para dialogarem com os agricultores e os movimentos sociais para que se chegue a um consenso.

Continue Lendo

Caso dos Sanguessugas: deputado paraibano pode ser julgado criminalmente a qualquer momento pelo STF

Processo envolvendo o deputado paraibano Benjamin Maranhão (SD) referente ao Escândalo dos Sanguessugas pode entrar em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF) a qualquer momento, após as alegações finais terem sido concluídas.

Como o processo corre em sigilo, não se sabe do que o parlamentar é acusado e qual foi a pena proposta pelo Ministério Público Federal e o Procurador-Geral da República, Janot. A ação penal 676 é relatada pela ministra Rosa Weber

O Escândalo dos Sanguessugas, também conhecido por Máfia das Ambulâncias, que veio à tona em 2006, foi um megaesquema de corrupção envolvendo dezenas de pessoas. O grupo teria movimentado R$ 110 milhões em fraudes na compra de ambulâncias e materiais hospitalares.

Segundo auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Departamento Nacional de Auditoria do Ministério da Saúde (Denasus), a máfia das ambulâncias causou um prejuízo de pelo menos R$ 15,5 milhões aos cofres públicos. Para os auditores, houve superfaturamento em 70% dos convênios analisados.

No Congresso, a operação policial resultou na abertura de uma CPI mista, formada por deputados e senadores. A CPI das Ambulâncias, ou dos Sanguessugas, pediu o indiciamento de 72 parlamentares, sendo três senadores. Mas nenhum foi cassado. Entretanto, em outubro de 2006, cinco deputados se reelegeram. Dois senadores continuaram com o mandato, que estava na metade.

Envolvimento de Benjamin

Segundo reportagens da mídia nacional, Benjamin teria recebido propina de R$ 40 mil para destinar emendas para o grupo criminoso.

Continue Lendo

Ricardo diz que Brasil é presa frágil sendo devorada por bando de hienas

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou nesta quarta-feira (12), pela primeira vez, a aprovação da Reforma Trabalhista no Senado, como medida que visa retomar o crescimento econômico do país e, principalmente, diminuir o desemprego – segundo consideram os governistas que propuseram a medida e os senadores que a aprovaram. O socialista afirmou que tais argumentos se tratam de um engodo.

“A falta de retomada do crescimento do Brasil não é por causa de legislação trabalhista. Isso é um engodo, na verdade a falta de retomada do crescimento se dá porque você não tem capital disponível e o Estado, o poder público se encolheu. Não existe, eu não conheço, nenhuma experiência no mundo onde você sai de uma crise, de uma recessão, de uma depressão, que acredito que é o que estejamos vivendo, sem que o poder público invista”, opinou.

Falando sobre o limite de investimentos, Ricardo foi lembrado da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241 ou 55, que determina o congelamento de investimentos públicos por 20 anos. O socialista disse que a medida é um crime contra a nação.

“É um crime contra a nação porque se você congela gastos sociais, diz que a saúde não pode passar a inflação daquilo do ano anterior, quando tudo é dolarizado: medicamento, equipamento; quando você diz que a educação vai seguir aqueles 25%, enfim, quando você não consegue pensar grande, você está condenando uma grande parcela da população e a geração seguinte a viver muito pior do que essa atual”, considerou.

Por fim, o paraibano comparou a situação do Brasil com a de uma presa frágil que está sendo devorada por um bando de hienas.

“A imagem que eu tenho desses episódios todos [de aprovação de reformas e medidas propostas por governistas] é mais ou menos aquela imagem de um grupo de hienas quando vê uma presa com uma certa fragilidade, se aproveita e retira tudo. É isso que está acontecendo [com o Brasil]”, concluiu.

Informações de Feliphe Rojas, do WSCOM.

Continue Lendo

DIÁLOGO

Professores da UEPB encerram greve e retomarão atividades segunda

Os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em greve há mais de três meses, decidiram suspender o movimento e retomar as aulas durante assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (13).

No início da semana, os servidores técnicos-administrativos já tinha decido encerrar a greve.

Por 58 votos a 16, os docentes decidiram voltar às atividades na próxima segunda-feira (17).

Continue Lendo

Ricardo sobre sentença de Lula: “Já havia sido condenado anteriormente”

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em entrevista à Carta Capital, disse que não foi surpreso pela condenação do ex-presidente Lula, em primeira instância, pelo juiz federal Sérgio Moro. Ricardo avaliou que Lula já estava previamente condenado, antes da sentença.

“Sinceramente, não [ficou surpreso]. Eu acho que o Lula neste processo já havia sido condenado anteriormente, por incrível que pareça”, comentou.

O socialista garantiu que leu a sentença e não viu provas, mas uma convicção.

“A minha grande expectativa, frustrada, digo porque eu li a sentença, era de que aparecessem provas. Porque as provas teriam que ser vistas por todo Brasil com um tratamento igualitário dentro de um Estado de Direito. Não se vê as provas, se vê mais ou menos uma convicção que penso eu, apesar de não ser jurista, não pode existir num Estado Democrático de Direito”, finalizou.

Informações do WSCOM.

Continue Lendo

Irmã de João Gonçalves tem recurso rejeitado e contas de 2012 permanecem reprovadas

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) rejeitou recurso da ex-prefeita de São José dos Ramos, Maria Aparecida Rodrigues de Amorim (Dem), irmã do deputado estadual João Gonçalves, e manteve a desaprovação das contas de 2012.

Entretanto, reduziu o débito a R$ 46.277,00, do R$ 909.263,64 a ela inicialmente imposto por despesas irregulares.

Continue Lendo