Mudança!

Após operação da PF, Cartaxo se irrita com Renê e já fala em mudança de Líder da bancada na CMJP

 

O vereador Fernando Milanez Neto (PTB), apesar de rechaçar oficialmente a articulação para ser líder da bancada governista, já adota uma postura de liderança entre seus pares na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

A atitude do vereador foi registrada pelo Blog nesta terça-feira (6), durante sessão na Casa Legislativa. Na ocasião, o líder, Helton Renê (PCdoB), se ausentou.

Renê está nas cordas em face de uma insatisfação generalizada na bancada que alcançou também o prefeito, quem tido muita dor de cabeças com os escândalos que abalam sua gestão.

O clima anda pesado no Paço Municipal com a intensificação das investigações que apuram irregularidades em licitações e execuções de obras no Parque da Lagoa, com forte odor de lama que derrama no túnel e já mela algumas pessoas, após resultado de perícia elaborada Polícia Federal, indicando superfaturamento e desvio de recursos.

A razão principal para o descontentamento de Cartaxo com Renê seria a aparente incapacidade do vereador para solucionar a crise que seria escancarada com uma Comissão Parlamentar de Inquérito na CMJP e, pior do que isso, a falta de interesse do mesmo.

No dia da deflagração da Operação Irerês, quando a Polícia Federal realizou mandado de busca e apreensão em uma construtora que realizou serviços para a PMJP na obra do Parque da Lagoa, a bancada se reuniu às pressas com o secretário Zennedy Bezerra para montar uma estratégia de atuação na CMJP visando abafar a CPI e o debate sobre os indícios de envolvimento da Prefeitura nas ilicitudes. Renê se ausentou dessa reunião.

Além disso, o nome de Renê não seria unanimidade entre vereadores da bancada, a exemplo de Raíssa Lacerda, Eliza Virgínia e o próprio Milanez, que estaria vendo seu trabalho à frente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sendo prejudicado por uma atuação dissonante do atual líder.

O Blog entrou em contato com o vereador Helton Renê, entretanto, não foi respondido pelo mesmo.

Continue Lendo

Moído

Tréplica: Elba nega ter detonado Transposição e cobra respeito por sua trajetória

Segue o imbróglio envolvendo a cantora paraibana Elba Ramalho e a administração de Campina Grande. Após criticar o modelo atual artístico do Maior São João do Mundo e ser criticada duramente por Romero Rodrigues, prefeito da cidade, e Marcos Alfredo, coordenador de comunicação de Campina, que a acusou de ter detonado a transposição, Elba se defendeu nas redes sociais.

Disse que pediu apenas a revitalização do rio antes da transposição e que, pela declaração, sofreu agressões e foi até ameaçada de morte.

Ela cobrou ainda respeito pela sua carreira, citando que jamais traiu a cultura nordestina.

Confira a publicação:

“Meu amigo, minha opinião sobre manter a tradição musical na festa mais significativa do Nordeste, ou melhor, em Campina Grande, que realiza o maior São João do Mundo, não pode ser avaliada pelo senhor como algo negativo. O senhor está tentando me julgar por eu ser verdadeira nos meus posicionamentos, quando deveria me respeitar por estar no cenário artístico mundial há quase quarenta anos, sem trair, em nenhum instante, nossa cultura, nossos costumes, nossas raízes, nossa terra. Sobre a transposição, pedi apenas, na época, que o rio São Francisco fosse revitalizado antes de se realizar uma obra desse porte. Minhas palavras foram deturpadas e sofri agressões de toda espécie, inclusive ameaças de morte. Nunca estive contra nosso povo, nem antes nem agora.
Voltando ao São João, repito: prefiro o velho e bom forró que aprendi a amar com os mestres Jackson do Pandeiro, Gonzagão, Dominguinhos, Marinês….mas quem sou eu para interferir em negócios que envolvem coisas que não entendo. Respeito meus colegas sertanejos, mas gostaria de ver o nosso forró de ponta a ponta na nossa festa. Seu rancor contra minha pessoa me causa tristeza, afinal nunca lhe fiz mal algum, nem a ninguém, ao contrário, só tenho amor no meu coração. E é esse amor acrescido de paz e bem que lhe desejo!”

Continue Lendo

Investigação!

Líder da oposição pede quebra de sigilo de inquérito que investiga possíveis ilicitudes de Cartaxo em obra da Lagoa

O cerco está se fechando contra o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e suas manobras para abafar a Comissão de Parlamentar de Inquérito na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Nesta segunda-feira (5), o vereador Bruno Farias (PPS), líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), solicitou que o procurador federal Yordan Moreira Delgado, do Ministério Público Federal na Paraíba, retire o sigilo do inquérito que investiga indícios de superfaturamento e desvio de recursos na Obra do Parque da Lagoa. 

A intenção da oposição é clara: com a retirada do sigilo, expor os detalhes da investigação e os indícios que indicam a participação da Prefeitura Municipal de João Pessoa nas condutas ilegais que supostamente foram praticadas na obra de Lagoa e, dessa maneira, forçar uma CPI para investigar o prefeito. Segundo Bruno, falta apenas uma assinatura para que a CPI seja protocolada.

Ainda segundo o requerimento, no qual Bruno representa toda a bancada oposicionista, caso o MPF negue o pedido, que os autos sejam disponibilizados então somente para a bancada, sob o compromisso legal da manutenção do sigilo, para fins da avaliação e de subsídio para a implantação de CPI na CMJP, para investigar o envolvimento da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) nas possíveis ilicitudes.

Segundo a justificativa do vereador, com a operação da Polícia Federal, denominada ‘Irerês’, os indícios de ilegalidades na obra deixam ser “meras suspeitas” para se tornarem “evidências cada vez mais claras de ofensas aos Princípios da Administração Pública”.

Continue Lendo

Deputado de partido aliado a gestão Temer afirma que presidente “perdeu a governabilidade”

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) comentou, nesta segunda-feira (5), a atual situação da gestão de Michel Temer, já que nesta terça-feira (6) será o início do julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PSDB faz parte da bancada aliada do PMDB no governo.

 

 

 

 

De acordo com o parlamentar, a gestão não possui governabilidade e não adianta apoiar um governo instável. “Sem governabilidade, não adianta dá força a um governo que não consegue mais pautar a agenda política do país. Isso é uma opinião minha, que digo isoladamente, sem consultar o partido”, afirmou.

 

 

Pedro disse que esperou a renúncia do presidente Michel Temer logo após a divulgação das gravações. “Eu confesso que eu esperei a renúncia do presidente Michel Temer tão logo tornou-se público o conteúdo das gravações, como isso não aconteceu, agora, uma alternativa opcional pode ser a cassação da chapa Dilma/Temer no TSE. Mas a renúncia continua como uma possibilidade e espero que a gente, acima de pessoas e de partidos, a gente consiga pautar uma agenda de Brasil”.

 

Continue Lendo

Governo melhora acesso às comunidades quilombolas e anuncia novos serviços, no Sertão

Através do Programa Mais Trabalho, o governador Ricardo Coutinho determinou ao Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba a execução de serviços de terraplenagem em estradas vicinais de comunidades quilombolas localizadas em municípios da região sertaneja, visando oferecer condições de tráfego aos seus habitantes de inverno a verão.

 
A diretoria do DER deslocou equipamentos de suas residências rodoviárias estabelecidas na região para execução dos serviços, exclusivamente de terraplenagem. Estão sendo beneficiadas as comunidades quilombolas de Fonseca, no município de Manaíra, e Livramento de Princesa, em São José de Princesa. Outra comunidade quilombola, a de Serra Feia, em Cacimbas, também será beneficiada com melhoramento de seu acesso, o que acontecerá tão logo sejam concluídos os serviços das duas acima citadas.

 
O diretor superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, disse que a reivindicação das comunidades quilombolas é justa, já que os acessos possibilitarão o escoamento de sua produção agrícola e o deslocamento com mais facilidade para as diversas cidades da região.

 
O dirigente também anunciou serviços de melhoramento em revestimento primário nas estradas de terra implantadas, por administração direta, através de suas residências rodoviárias. Entre as muitas estradas beneficiadas, destacamos as PB-382 -Serra Grande/São José de Piranhas, com 25 km: PB-394 – BR-230/Engenheiro Avidos, com 14 km; PB-366 – Aguiar/Entroncamento da PB-348.

Secom-PB 

Continue Lendo

Gervásio recebe apoio do prefeito de Itaporanga e participa de atividades no Sertão do Seridó

O prefeito Divaldo Dantas (PSB) anunciou apoio a pré-candidatura de Gervásio Maia (PSB) e Taciano Diniz (Avante) nas próximas eleições. O anúncio aconteceu durante café da manhã realizado no hotel Rainha do Vale, na cidade de Itaporanga. Ainda no Vale do Piancó, Gervásio e o prefeito visitaram o açude cachoeira.

Na ocasião, Divaldo Dantas agradeceu a atenção de Gervásio ao Vale do Piancó. “Gervásio sempre caminhou ao nosso lado. Sempre  foi atencioso com Itaporanga e com com pleitos da nossa região. Esteve conosco durante toda a campanha e agora estamos retribuindo essa atenção dedicação que ele teve”, afirmou o prefeito.

Gervásio agradeceu o apoio e destacou o  trabalho realizado pelo prefeito no município.  “Divaldo é empreendedor, uma pessoa que acreditou em Itaporanga quando poucos acreditavam. E, graças a essa visão empreendedora, a cidade é referência no Vale do Piancó”, destacou Gervásio.

Durante discurso, Gervásio falou das obras do Governo do Estado no Vale do Piancó. “Hoje, a Paraíba vive um momento diferenciado. Enquanto outros estados paralisam obras, atrasam pagamentos, a Paraíba realiza obras e ações. Converso diariamente com presidente de outras Assembleias e podem ter certeza que nossa realidade é bem diferente do que vivem outros estados”, afirmou o presidente da Assembleia. 

O médico Taciano Diniz, que disputa pela primeira vez uma vaga no legislativo, disse que o trabalho de Gervásio na Casa de Epitácio Pessoa foi determinante para o apoio. “Acompanhamos o mandato parlamentar do deputado e presidente da Assembleia Gervásio Maia, vimos o esforço e o empenho dele para resolver os pleitos de Itaporanga e da Região. Gervásio tem trabalhado muito, é sério e focado”, afirmou. 

O deputado Genival Matias (Avante), que também esteve presente ao evento, destacou o trabalho realizado por Gervásio à frente da Assembleia Legislativa da Paraíba. “Gervásio sempre fez um grande trabalho como deputado e agora está fazendo uma grande administração na Assembleia”, afirmou Genival Matias.

Ainda no fim de semana, Gervásio visitou o prefeito de Juazeirinho, Bevilacqua Matias, que na ocasião falou sobre Arena Nordeste de MotoCross, que acontece nos dias 10 e 11 deste mês. E no domingo, finalizando a agenda, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba participou da tradicional cavalgada de Natuba. 
 

Continue Lendo

Talentoso

Morre em São Paulo artista paraibano consagrado nacionalmente, Barros de Alencar

Barros de Alencar morreu na madrugada desta segunda-feira (05), aos 84 anos. Cantor, compositor e comunicador de rádio e TV, ele estava internado em um hospital no bairro da Mooca, em São Paulo. Segundo post feito por Virgínia Barros, irmã do radialista, no Facebook, o enterro acontece às 13h30, no cemitério Primavera em Guarulhos, Grande São Paulo.

Pela manhã, o radialista Kaká Siqueira, locutor da Tropical FM 107,9 – SP, afirmou que Barros entrou em coma no domingo (04). “Ele estava com o coração bem fraquinho”, afirmou Kaká, que relembrou ainda o período em que o amigo passou por problemas nas cordas vocais e precisou passar por uma cirurgia.

Cristóvão Barros de Alencar nasceu na Paraíba e iniciou sua carreira como radialista em Campina Grande, na Rádio Borborema. Na década de 1960, passou também pelas rádios Tupi, Record e América. Em 1966, lançou seu primeiro disco. Entre seus projetos musicais, gravou em 1975 uma versão em português de “Emmanuelle”, trilha do famoso filme homônimo da época. Ao longo dos anos, intercalou a carreira musical com seu reconhecido trabalho nas rádios.

G1

Continue Lendo