Notícias

Em celebração ao Outubro Rosa, ALPB inicia doação mensal para a hospitais que tratam câncer

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta quarta-feira (9), Sessão Especial para comemorar a campanha de conscientização Outubro Rosa, que tem como objetivo alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama durante todo o mês de outubro.

A sessão, proposta pelo presidente da Casa, Adriano Galdino, e o deputado Raniery Paulino, contou com a participação de representantes do Hospital Napoleão Laureano, de João Pessoa, e do Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), de Campina Grande, referências no diagnóstico e tratamento de câncer no Estado. O presidente da Assembleia destacou que os dois hospitais receberão uma contribuição financeira mensal dos parlamentares da Casa.

“Estamos fazendo uma contribuição mensal de R$ 24 mil para a FAP e R$ 36 mil para o Laureano, que receberá uma quantia maior porque atende mais e tem uma proporcionalidade maior em termos de atendimento de pessoas que têm câncer na Paraíba. Ao todo, mais de R$ 60 mil que nós, deputados e funcionários, do nosso próprio salário, estamos tirando mês a mês para passar a essas duas importantes instituições. Então, é um momento muito especial. Eu quero agradecer aos funcionários, aos deputados e a todos que contribuíram com essa campanha que eu considero milagrosa, porque vai salvar vidas do povo da Paraíba”, afirmou Adriano.

Para o deputado Raniery Paulino, a campanha serve para que os Poderes públicos, a exemplo da Assembleia, promovam o debate e busquem formas de apoio. “É uma sessão de homenagem, de estímulo e de sensibilidade, mas também nós temos que tratar de alternativas para o combate efetivo e ao tratamento, sobretudo, do câncer de mama para tentar salvar o máximo de mulheres possíveis”, destacou.

O diretor clínico do Hospital Laureano, Joni Oliveira, ressaltou o esforço conjunto dos deputados do Legislativo paraibano para a continuidade dos serviços da instituição hospitalar. “O Laureano tem muito o que agradecer à Assembleia Legislativa da Paraíba pelo trabalho que vem sendo feito. Desde que o hospital começou a sua campanha em função de dificuldades financeiras, essa Casa abraçou a causa e está trazendo grandes benefícios. Então, estamos muito satisfeitos com a atuação dos parlamentares que, por iniciativa deles, procuraram o hospital e estão colaborando muito para que possamos sair dessa crise financeira”, agradeceu.

O presidente do Hospital da FAP, Derlópidas Neves, reiterou a importância do reconhecimento e da contribuição dos parlamentares estaduais no empenho ao combate ao câncer de mama. “O apoio é extremamente importante. Nós estamos programando a aplicação desses recursos não só na parte de compra de medicamentos, mas também em algumas reformas que estamos solicitando para o hospital. Então, isso vem, cada vez mais, a contribuir para que a gente possa dar um tratamento humanizado e, consequentemente, fornecer todo o processo de aparelhamento e a sua aplicação para com os nossos pacientes”, pontuou.

Já a presidente da Associação Promocional do Poder Legislativo (APPL), Eliane Galdino, alertou para a necessidade do exame contínuo de prevenção e diagnóstico do câncer de mama. “É importante que possamos, através dessa sessão, passar para todas as paraibanas e as mulheres dessa Casa a relevância desse tema: o combate ao câncer de mama. Infelizmente, a doença é uma das maiores causas de morte não só no Brasil, como no mundo. Então, é fundamental que nós, mulheres, procuremos nos autoexaminar e fazer essa avaliação, tocando nosso corpo, nossas mamas, para ver se realmente está aparecendo algum nódulo. Só assim podemos, se for detectado, cuidar a tempo”, concluiu.

Também participaram da sessão especial os deputados Buba Germano, Camila Toscano, Dr. Érico, Manoel Ludgério, Ricardo Barbosa, Trócolli Júnior e Wallber Virgolino; a coordenadora estadual de Saúde da Mulher, Maria de Fátima Marques Carvalho; a presidente da Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Monica Lemos; e o secretário de Articulação Política do Estado, João Gonçalves.

You Might Also Like