Notícias

Opinião: Veneziano honrará a importância do mandato de Senador que seria de Ricardo?

“A gratidão é o único tesouro dos humildes”, já dizia Shakespeare.

Quando Veneziano foi anunciado como um dos candidatos a Senador pela chapa do PSB, Ricardo Coutinho estava prestes a terminar o segundo mandato de uma gestão vitoriosa e aprovada pelo povo da Paraíba no comando do Governo do Estado.

O reconhecimento do trabalho veio através das urnas, sendo reeleito em 2014, estadualizando o PSB, em 2016, através de diversas prefeituras conquistadas e, dessa forma, consolidando o nome de Ricardo como a principal liderança política da Paraíba.

Com tamanha reputação, Ricardo seria facilmente conduzido ao Senado Federal caso concorresse, imaginando-se até a maior votação da história para um senador paraibano. Mas, ao invés disso, com um gesto de desapego, sentimento coletivo e apostando na continuidade de um projeto político, abriu mão de disputar  a senatória, garantido assim a vaga na disputa para Veneziano Vital do Rêgo.

No caminho oposto, Veneziano, que exercia o cargo de deputado federal pelo MDB e já havia sido Prefeito de Campina Grande por duas vezes, não vivia seu melhor momento na política. A tentativa de voltar à prefeitura, nas eleições de 2016, acabou por revelar uma das piores derrotas eleitorais de sua história política, quando obteve apenas 24% dos votos totais, perdendo assim, já no primeiro turno, para seu principal adversário político em Campina, Romero Rodrigues.

O cenário para uma possível reeleição a deputado também não era dos melhores. Além de não se enquadrar no perfil da onda conservadora que dominava o país, o parlamentar enfrentava dificuldades inclusive para angariar apoios de lideranças, chegando a perder o importante apoio do prefeito de Esperança, Nobinho.

A mudança para o PSB não era suficiente. Foi necessário que Ricardo se empenhasse de forma inequívoca para que Veneziano tomasse um novo rumo, utilizando seu sucesso como gestor público para mobilizar as bases e a população para tornar viável uma candidatura do então deputado a senador.

Com o resultado alcançado com êxito, os primeiros passos de Veneziano demonstram uma certa lacuna no debate político do Estado, fazendo uma defesa discreta e inibida do legado de Ricardo. Não se sabe se o Senador Veneziano tem ouvido os conselhos do ex-governador para formação de sua equipe e projeção do mandato, mas  percebe-se sim uma certa frustração de parte da militância socialista, que espera uma postura mais altiva de Vené.

Portanto, é fundamental que o senador mais votado pela Paraíba em 2018 mostre, de fato, compromisso pelo projeto no qual foi alçado ao posto, pois os paraibanos já sabem da sua capacidade e esperam que corresponda à altura do cargo.

A verdadeira pergunta que fica no ar é: será que Veneziano honrará a importância do mandato que seria de Ricardo?

You Might Also Like