Notícias

EXCLUSIVO: Xeque-Mate será conduzida pelo juiz Henrique Jácome

Após um período considerável de indefinição, a Xeque-Mate será conduzida pelo juiz de direito Henrique Jácome. Ele é juiz substituto da 2ª Vara Mista da Comarca de Cabedelo e virou juiz natural do caso após um remanejamento e uma declaração de suspeição.

A condução jurídica do caso estava sem definição desde o dia 30 de janeiro, quando o juiz Salvador de Oliveira, então titular da 1ª Vara Mista da Comarca, declarou-se suspeito para julgar o processo. O caso foi então para a 2ª Vara, que estava sob titularidade do juiz Antônio Silveira Neto. Entretanto, o magistrado foi para a assessoria da presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Henrique Jácome já atuou nas comarcas de Patos e Itabaiana e agora tem a missão de conduzir o processo que desmontou um esquema de corrupção em Cabedelo e colocou grandes figuras na mira da justiça.

You Might Also Like