Notícias

Novo ministro da Infraestrutura indicou condenado pelo TCU para voltar à superintendência do DNIT na PB

O Diário Oficial da União do dia 28 de dezembro trouxe a recondução de forma interina de Gustavo Adolfo à Superintendência Regional do DNIT na Paraíba.

O servidor, que já foi condenado pelo Tribunal de Contas da União por má gestão na obra da rodovia BR-101, tenta a efetivação no cargo, que poderá ocorrer após as definições dos altos cargos do DNIT/Sede.

Apurou-se ainda que, durante a permanência do Gustavo Adolfo na Diretoria Executiva da entidade na capital federal, os órgãos de controle externos iniciaram procedimentos de investigação.

Atualmente, o DNIT da Paraíba tem contratos que, somados, alcançam mais de R$ 500 milhões de reais. As principais obras são: a adequação da BR-230, de Cabedelo a Oitizeiro, e a duplicação da mesma rodovia do trecho que compreende Campina Grande à Praça do Meio do Mundo, em Monteiro.

Gustavo Adolfo também recebeu as bênçãos  federal Wellington Roberto (PR) que é Presidente dos Partido Republicano na Paraíba.

 

 

You Might Also Like