Notícias

Juiz Rodrigo Marques integrará equipe de Márcio Murilo no TJPB e deixará Operação Parcela Débito

O juiz da 6ª Vara Criminal da Capital, Rodrigo Marques Silva Lima, integrará a equipe do presidente eleito do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, no biênio 2019/2020. Ele foi convidado e aceitou ocupar o cargo de juiz-auxiliar da Presidência. “Pretendo ajudar o novo chefe do Judiciário estadual a organizar economicamente o Tribunal, os seus setores, equacionar as forças de trabalho, seguir as metas do CNJ, servir bem a sociedade, e não se servir do cargo”, ressaltou.

Ao justificar o convite ao juiz Rodrigo Marques para compor o seu quadro de assessores, o desembargador Márcio Murilo afirmou que a escolha foi feita pela necessidade de ter um juiz que já atuou, com brilhantismo, em Vara Cível e Criminal. “Ele exercerá suas atividades auxiliando a Presidência na área Jurídica e processamento de recursos, além de todos os projetos na área criminal”, ressaltou o desembargador.

Já o futuro juiz auxiliar da Presidência disse ter recebido o convite com muita alegria, por se tratar o desembargador Márcio Murilo “um magistrado dinâmico, moderno, com ideias vanguardistas, notadamente experiente e bem-intencionado”.

Rodrigo Marques disse que sua expectativa é compor uma equipe coesa, que trabalhe em harmonia com juízes e servidores, e que consiga implantar um modelo de gestão ímpar, diferenciado, de modo a trazer economia ao Tribunal. “Fazer muito com pouco, uma vez que nós temos dificuldade de orçamento. A ideia é que nós consigamos atender bem os jurisdicionados, ou seja, fazer com que a sociedade tenha, no Poder Judiciário, um marco forte de confiança. E isso se dá com uma prestação jurisdicional célere, prática e eficaz. É em busca disso que nós estamos”, arrematou.

Com a ida do juiz para o TJPB, outro magistrado assumirá a 6º vara criminal e deverá comandar a Operação Parcela Débito.

A notícia da saída de Dr. Rodrigo Marques do comando da Parcela Débito foi recebida com alívio pelos investigados, tendo em vista o “estilo Moro” do Magistrado.

Currículo – Rodrigos Marques Silva Lima é bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), especialista em Gestão Jurisdicional de Meios e Fins, pela Escola Superior da Magistratura (Esma) em parceria com o Unipê. Foi Advogado militante, delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Ingressou no Poder Judiciário da Paraíba como Juiz de Direito aprovado no 50º Concurso para a Magistratura da Paraíba no ano de 1998. Entre outras atividades na condição de magistrado, atuou como juiz convocado substituindo os desembargadores Saulo Benevides, Fátima Bezerra Cavalcanti, Antônio de Pádua Montenegro, Marcos Cavalcanti, Maria das Neves do Egito e Júlio Paulo Neto. Foi juiz eleitoral da Comarca de Sumé; juiz-corregedor eleitoral auxiliar, TRE-PB, em Araruna; juiz auxiliar da Propaganda Eleitoral da 71ª Zona Eleitoral em Campina Grande; atuou em Turmas Recursais; e foi, ainda juiz-corregedor no biênio 2013/2014.

Para ver o currículo, na íntegra, clique aqui.

TJPB com Blog

You Might Also Like