Notícias

Romero gasta quase 80 vezes mais com salários de servidores sem concursos do que em cinco áreas essenciais

Fazendo uma análise nas contas da Prefeitura Municipal de Campina Grande, de janeiro a agosto deste ano de 2018, a partir dos dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), via seu Sistema de acompanhamento online, Sagres-PB, verifica-se que o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) priorizou o pagamento dos servidores comissionados e cargos de excepcional necessidade, em detrimento de investimentos em cinco áreas essenciais da administração pública municipal.

Segundo o Sagres-PB, de janeiro a agosto deste ano de 2018, enquanto o prefeito Romero Rodrigues investiu apenas R$ 1.354.678,81 (investimentos somados em áreas essenciais de agricultura, assistência social, cultura, direitos da cidadania e habitação), gastou, em salários com apadrinhados (comissionados e detentores cargos de excecional necessidade, que são contratados sem concurso público) a quantia de R$ 83.599.007,04 no mesmo período.

Ou seja, Romero gastou quase 80 vezes mais em salários de comissionados e cargos de excepcional necessidade, do que com as áreas de agricultura, assistência social, cultura, direitos da cidadania e habitação. Como exemplo, só um mês de folha de pagamento para os comissionados e cargos de excecionais necessidade do Fundo Municipal de Saúde, no caso agosto deste ano, somou gastos de R$ 4.518.320,02.

Veja mais detalhes no link: https://sagres.tce.pb.gov.br/municipio_index.php

You Might Also Like