Notícias

Plágio? Plano de governo de Maranhão tem trechos idênticos ao apresentado por governador do Piauí em 2014

Intitulado “Novas ideias para fazer mais”, o plano de governo do candidato ao Governo do Estado, José Targino Maranhão (MDB), contêm capítulos idênticos aos do plano apresentado em 2014 por Wellington Dias, governador do Piauí. Textos literalmente iguais aparecem nos tópicos referentes à assistência social; juventude, cultura, esporte e lazer; ampliação e diversificação da oferta de energia; promoção de igualdade com equidade social; mulheres; desenvolvimento do turismo; e meio ambiente sustentável. O plano foi elaborado pelo ex-secretário municipal de Natal, Tárcio Pessoa, presidente e fundador da empresa de consultoria Handel in Strategy.

O plano de governo do candidato Zé Maranhão está disponível no site “DivulgaCand”, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), assim como o do gestor piauiense, onde é possível conferir as informações de todos os candidatos à eleição. O plano de governo do candidato do MDB, no entanto, encontra-se digitalizado como imagem em formato PDF, de forma a impedir a busca rápida (o famoso ‘Ctrl + F’) por parte do leitor.

Tárcio publicou em grupo de WhatsApp que estava entrando na campanha do emedebista, portanto, devido ao contrato, sairia do grupo no aplicativo de mensagens. No grupo intitulado “Tropa de Elite”, o consultor publicou uma mensagem onde confirma que estaria assumindo a produção do plano de governo de Maranhão. “Galera, através de minha empresa de consultoria em inteligência estratégica, estou passando a atuar em alguns planos de governo, profissionalmente a coisa é irrecusável. Assim, estamos avançando com a consultora junto às candidaturas de Carlos Eduardo no RN, Mauro Mendes no MT e Zé Maranhão aqui na PB”, publicou Tárcio Pessoa.

Em alguns casos, como no tópico “programas e ações de assistência social”, apenas o nome do estado é alterado, permanecendo, porém, o mesmo texto, inclusive com as mesmas vírgulas. Há casos também em que muda-se apenas um verbo para adequar o texto à realidade paraibana, como no caso da proposta referente aos Centros de Referência Especializada de Assistência Social.

Enquanto que o plano de governo de Wellington Dias traz como diretriz “implantar os Creas, nas cinco macrorregiões de desenvolvimento do Piauí”, o texto de Zé Maranhão utiliza o verbo “efetivar” os Creas “em todas as regiões de desenvolvimento da Paraíba”. Quando se tratam das metas, no entanto, dentro do mesmo tópico, o texto é copiado integralmente: “integrar e apoiar as ações e programas nos Centros de Referência da Assistência Social – Creas, conforme previsto no Suas; garantir recursos no orçamento para a implantação e manutenção de Creas regionalizados”.

As propostas para juventude são copiadas praticamente em sua íntegra. As diretrizes e metas do plano de Dias, se tornam tópicos no plano de governo de Maranhão. “Instituir a Política Estadual da Juventude”, “Observatório Permanente da Juventude”, “Criar núcleos de Cultura da Paz” e “Realizar a Conferência Estadual da Juventude”, são itens copiados pelo programa do emedebista.

Já o item “Meio ambiente sustentável”, por exemplo, possui como primeira proposta “Estruturar e fortalecer um PROGRAMA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL, com foco principal nas escolas estaduais e municipais públicas e privadas do Estado com a finalidade de integrá-las às ações em defesa e proteção do meio ambiente”, exatamente da mesma forma como está escrito na primeira diretriz do tópico “Meio ambiente e sustentabilidade”, do plano de governo de Wellington Dias.

Outros trechos dos planos de governo demonstram a repetição, como é possível atestar observando as seguintes páginas de ambos os textos: juventude, cultura, esporte e lazer (Maranhão, páginas 63 a 71 e Wellington Dias páginas 32 a 34); ampliação e diversificação da oferta de energia (Maranhão, páginas 76 e 77 e Wellington Dias páginas 32 a 34); promoção de igualdade com equidade social (Maranhão, páginas 77 a 81 e Wellington Dias, páginas 29 a 32); e mulheres (Maranhão, páginas 78 e 79 e Wellington Dias, páginas 29 e 30). Com PBAgora.

Confira o Plano de governo de José Maranhão clicando AQUI

Confira as diretrizes apresentadas por Wellington Dias em 2014 clicando AQUI

You Might Also Like