Notícias

Luiz Couto sobe o tom e diz que “candidato de Temer” deve ser tirado da política

Durante uma sabatina promovida nesta terça-feira, 11 de setembro, pela Rádio Campina FM, em Campina Grande, o candidato ao Senado pelo PT, Luiz Couto, elevou o tom e foi mais contundente em relação ao adversário, Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Vamos tirar o crime organizado da política paraibana, o crime organizado está tomando conta da política do nosso país, por isso o candidato de Temer em Campina Grande está escondido. Ele é contra a Paraíba, tenta atrapalhar o governo e é contra o povo”. A referência foi ao fato de um dos alvos do resgate do presídio PB1, Romarinho, ter sido assessor do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e também à prisão de uma candidata, Valquíria Jane (PSDB) que mantinha consigo parte de uma carga roubada e munições de calibre restrito, aliada e fã do senador tucano, cuja foto estampava em uma tatuagem nas costas.

Couto destacou que exerceu até agora seis mandatos sem que sobre ele houvesse denúncias de falcatruas ou corrupção. “Isso prova que é possível fazer política com ética. O problema é que muitos eleitores fazem uma generalização. Sei que há na política muitos que querem enriquecer e resolver seus problemas individuais através dos mandatos, mas não são todos. Considero que ética é fundamental na política”.

You Might Also Like