Notícias

Ricardo rebate críticos de OS’s na Educação: “Não privatizei a Cagepa, quanto mais a Educação”

O governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB), durante a posse de mil professores concursados na Paraíba, em solenidade no Espaço Cultural na manhã desta segunda-feira (5), criticou opositores políticos que o acusaram de “privatizar” a Educação com os contratos com organizações sociais (OS) para a revitalização de espaços físicos das escolas estaduais.

“Eu tenho um compromisso muito grande com o que é público. Eu não privatizei e nem negociei a Cagepa, como alguns na política tentaram fazer, em troca de tostões que a política pode dar. Imagina na Educação, que para mim é um grande instrumento na construção da democracia”, comentou.

Segundo o gestor, a realização do concurso para o magistério e agora a posse dos aprovados deixam claro que a profissão de professor jamais foi ou teve a intenção de ser terceirizada. Ricardo enfatizou o papel da Educação para o projeto de democracia imposto pelo governo do PSB na Paraíba.

“Eu não contrato professor apenas para dar emprego, isso é para consolidar um projeto democracia social no Estado, se você melhora a educação, melhora todo o resto. Tem gente na política que tem a visão tão pequena, que só pensa em fazer de tudo para se manter no poder e é muito distante do que a gente pensa. Nós queremos empoderar a população e criar instrumentos para isso, para que o povo possa ter um outro patamar de existência e se Educação não tem como se pensar nisso”, finalizou.

You Might Also Like