Notícias

Maranhão diz que PMJP tem que cumprir leis no caso Ferreira Costa, mas ignora Aeroclube operando irregularmente

O senador paraibano José Maranhão (PMDB-PB) se pronunciou sobre o caso Ferreira Costa e mostrou simpatia ao travamento do empreendimento na capital João Pessoa.

“A prefeitura está fazendo o que é certo, exigindo o cumprimento e respeito das leis. Muita gente tem politizado. É só ver o noticiário, as mídias sociais e jornais para você vê quem está politizando”, disse.

Maranhão, que tem ligações com dirigentes do Aeroclube da Paraíba, que fica ao lado de onde a obra estava sendo construída, no Bessa, e não possuem muita simpatia pela implantação do empreendimento, não se pronuncia sobre o descumprimento das leis que a entidade comete, por exemplo, ao descumprir portaria da Aeronáutica.

Mais cedo, na reunião promovida pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) com o grupo Ferreira Costa, no Palácio da Redenção, o secretário de Infraestrutura explicou o porquê de o Aeroclube estar operando irregularmente.

“A portaria 957 determina que o Aeroclube tem que se adequar até porque existe um problema muito sério naquilo que é chamado de distância de cabeceira. O que acontece no Aeroclube é que a pista de pouso chega ao limite do terreno, fazendo com que o cone de aproximação e de decolagem fique na área externa do Aeroclube, ou seja, em terrenos de terceiros o que, pela portaria, não é possível”, observou João.

You Might Also Like