Notícias

Ricardo cita decisões políticas de Catão, tio de Cássio, após suspensão do Empreender pelo TCE

O governador Ricardo Coutinho (PSB) criticou, nesta sexta-feira (10), o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), Fernando Catão, que suspendeu a concessão de empréstimo do prohrama Empreender-PB por parte do Governo do Estado. Após a decisão liminar de Catão, o pleno do TCE acatou por unanimidade a suspensão do programa.

Ricardo disse ter respeito pelo conselheiro, mas sabe que ele não morre de amores pelo Governo. O governador disse também que pelo seu parentesco com políticos Catão deveria se averbar suspeitos na análise deste tipo de questão.

“Se tem coisa errada digam, mas não se pode militância politica, e vejo nesse caso, de todo Tribunal não. Quanto alguém toma uma posicão dessa [Catão], coloca o Tribunal na crise. Se chamasse e dissesse onde falta tansparência, mas não teve isso. Respeito Catão e sei que ele não morre de amores pelo Govenro. Já externou isso, inclusive para pessoas do governo. Quando você assume postos públicos, imparcialidade, tem que ter espírito público. Deixar politica para os outros, não posso considerar razoável uma decisão para criminalizar o programa, sem dizer o conteúdo”, disse.

“Não sei motivos, talvez até imagine, mas ele [Catão] não nutre generosidade pelo que o governo faz. Eu me colocaria em suspeição pelas suas ligações, apenas por isso. Não entro no mérito pessoal. Não posso ver criminalizar o programa que só faz o bem”, acrescentou. do WSCOM.

You Might Also Like