Notícias

Conspiração entre Cartaxo e Lucas de Brito para trair Tião Gomes pode ser um tiro que saiu pela culatra; saiba o porquê

O deputado estadual Tião Gomes (PSL), destituído da presidência do partido no Estado em uma conspiração escusa entre o vereador Lucas de Brito (PSL), novo presidente do partido na Paraíba, e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), que ganha mais um partido para a base aliada. Entretanto, a traição do ex-oposicionista de Cartaxo pode ser um tiro que saiu pela culatra.

Em entrevista ao Blog do Gordinho, Tião garantiu que sua destituição aconteceu em conluio de Lucas de Brito com Manoel Júnior, Luciano Cartaxo e Rômulo Gouveia e afirmou que o partido só não ficará sem ninguém na Paraíba por conta do próprio Lucas.

“Eu vou sair do PSL, Bosco Carneiro já me comunicou que também vai sair. Nós temos 32 pré-candidatos para 2018 e todos eles vão sair. Só não vai sair 100% porque fica Lucas de Brito”, afirmou.

Tião comandou o partido no Estado por 12 anos, sendo respeitado por todos os membros do partido em sua trajetória.

You Might Also Like