Notícias

Meses atrás, deputado paraibano já tinha solicitado cancelamento de delações de irmãos Batista

Após a sinalização da Procuradoria-Geral da República de que pode cancelar os acordos de delação com a JBS, o blog relembra que um deputado paraibano foi o primeiro a propor a invalidação do acordo, ainda em maio.

Na época, os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da empresa, haviam divulgado áudios e documentos que comprometeram o presidente Michel Temer. Entretanto, ficou um questionamento da sociedade sobre qual tipo de punição deveriam receber, uma vez que o acordo praticamente os anistiou de seus crimes.

Então, André Amaral entrou com pedido ao MPF para que anulasse o acordo, que os irmãos retornassem ao país e fossem investigados e julgados pela Operação Lava Jato.

A PGR estuda anular, hoje, o que foi solicitado meses atrás, porque tem indícios de que os delatores teriam omitido informações cruciais.

You Might Also Like