Notícias

Ricardo fala em perda de caráter popular de Brasília com Temer: “Não se vê um índio tabajara, potiguar circulando por lá”

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), durante ato popular comandado por Lula no Ponto de Cem Réis, na sequência da “Caravana da Esperança”, na qual o ex-presidente percorre o Nordeste inteiro, comentou a mudança na geopolítica de Brasília com o ex-presidente Temer, com a capital do Brasil perdendo o caráter popular.

“A geopolítica de Brasília mudou. Você não vê mais um índio tabajara, potiguar andando por lá. Você só vê gente atrás de fazer negócios. Brasília perdeu a sua essência popular e para mudar isso você precisa de diálogo, de movimentação popular, de atos”, comentou.

Ricardo usou também um exemplo que vivenciou no interior da Paraíba, para ilustrar a mudança da realidade brasileira através do governo do petista.

“Minha fala é de gratidão e esperança. Esperança que eu vejo Paraíba afora, que vejo, por exemplo, com Pollyanna (prefeita do PT) em Pombal, na zona rural, região quilombola. Estava com ela inaugurando uma padaria lá e uma mulher com os braços todos queimados veio agradecer pela filha ser agrônoma porque Lula criou uma universidade de Agronomia em Pombal e a filha daquela mulher pobre, quilombola conseguiu formar sua filha”, disse.

You Might Also Like