Notícias

Ricardo anuncia concurso para professor e recebe apoio da APLP no caso das OS’s

Após a reunião da tarde desta quinta-feira (27) com representantes da educação da Paraíba, o governador Ricardo Coutinho anunciou que prepara o lançamento de um concurso público para professores na Paraíba. Estiveram presentes na ocasião integrantes da Associação dos professores de Licenciatura da Paraíba (APLPB), o seu presidente, Bartolomeu Pontes, além dos deputados Estela Bezerra (PSB) e Trócolli Junior (PROS).

Para o governador, a reunião resultou em uma boa conversa sobre a educação paraibana, e no apoio da APLP ao projeto de gestão pactuada e implantação das Organizações Sociais no Estado.

“Não tem conversa fiada de privatização ou de terceirização, tem a implantação de direitos trabalhistas a quem não tem nenhum, é a contramão da precarização. Eu ouvi o apoio da APLPB que é o apoio da maioria, esse debate está vencido e foi baseado em combater a mentira, todos os professores sabem que é melhor. Sinceramente tenho moral pra falar sobre isso”, disse o governador, chamando, mais uma vez, o debate sobre terceirização de ‘factoide’.

Após anunciar um novo concurso público para professor no Estado, Ricardo salientou os números da gestão na educação, e alfinetou o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), chamando a gestão de Luciano de ‘deprimida’.

“Ao fim do meu mandato, vou deixar os professores com o dobro da remuneração, já são 4 mil professores contratados, como alguém diz a bobagem de privatização agora que eu anuncio um concurso?. Luciano lida com factoides, ele estourou o número de servidores, ele dobrou o número de prestadores da época que governei sem abrir nenhuma escola, onde ele enfia esses servidores?”, atacou Coutinho.

Informações do WSCOM.

You Might Also Like