Notícias

Ricardo anuncia concurso para professor e recebe apoio da APLP no caso das OS’s

Após a reunião da tarde desta quinta-feira (27) com representantes da educação da Paraíba, o governador Ricardo Coutinho anunciou que prepara o lançamento de um concurso público para professores na Paraíba. Estiveram presentes na ocasião integrantes da Associação dos professores de Licenciatura da Paraíba (APLPB), o seu presidente, Bartolomeu Pontes, além dos deputados Estela Bezerra (PSB) e Trócolli Junior (PROS).

Para o governador, a reunião resultou em uma boa conversa sobre a educação paraibana, e no apoio da APLP ao projeto de gestão pactuada e implantação das Organizações Sociais no Estado.

“Não tem conversa fiada de privatização ou de terceirização, tem a implantação de direitos trabalhistas a quem não tem nenhum, é a contramão da precarização. Eu ouvi o apoio da APLPB que é o apoio da maioria, esse debate está vencido e foi baseado em combater a mentira, todos os professores sabem que é melhor. Sinceramente tenho moral pra falar sobre isso”, disse o governador, chamando, mais uma vez, o debate sobre terceirização de ‘factoide’.

Após anunciar um novo concurso público para professor no Estado, Ricardo salientou os números da gestão na educação, e alfinetou o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), chamando a gestão de Luciano de ‘deprimida’.

“Ao fim do meu mandato, vou deixar os professores com o dobro da remuneração, já são 4 mil professores contratados, como alguém diz a bobagem de privatização agora que eu anuncio um concurso?. Luciano lida com factoides, ele estourou o número de servidores, ele dobrou o número de prestadores da época que governei sem abrir nenhuma escola, onde ele enfia esses servidores?”, atacou Coutinho.

Informações do WSCOM.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>