Notícias

Relações suspeitas: investigação do MPPB envolvendo Marmuthe e Cartaxo vem à tona

Após receber denúncia anônima e constatar indícios da veracidade dos fatos, o Ministério Público da Paraíba (MPPB), resolveu instaurar um inquérito civil, contra o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), para investigar a cessão de um prédio público, que pertencia a Prefeitura, ao vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), em 2016.

De acordo com a denúncia, no prédio entregue por Cartaxo a Marmuthe, funcionava uma Unidade de Saúde da Família (USF) e foi usado pelo então vereador para instalar a Organização Não Governamental (ONG) Centro Integrado de Ações Comunitárias Valentina de Figueiredo (CICOVI), bairro que é “curral eleitoral” de Marmuthe.

A divulgação da “bomba” acontece, por coincidência, no mesmo dia em que Marmuthe, até então suplente, toma posse como vereador na Câmara Municipal de João Pessoa.

Se considerados culpados, ambos poderão ser acionados por improbidade administrativa.]

Com informações de Diana Melo, do ParaibaJá.

You Might Also Like