Notícias

Como antecipado pelo blog, Lira assume liderança do PMDB herdada de Renan

Como antecipado pelo blog, no dia da confirmação da saída de Renan Calheiros (PMDB-AL) da liderança do PMDB no Senado, a vaga foi herdada de maneira natural pelo paraibano Raimundo Lira.

A informação foi confirmada pelos senadores Romero Jucá (RR), o próprio Renan Calheiros (AL) e Kátia Abreu (TO), após reunião da bancada.

Cotado desde o começo do ano para o cargo, mas sendo preterido sempre por figurões com poder político maior na legenda, Lira assume com a missão de harmonizar e unificar a maior bancada do Senado, composta por 22 senadores.

Renan, apesar de ter abdicado do cargo, seria destituído de qualquer maneira por sua postura contrária ao governo Temer. Com aval do presidente, Jucá já articulava a destituição do alagoano, que não poupou críticas, dizendo não ter vocação para ser  “marionete”  e que não tolerava a postura covarde do presidente diante do desmonte das leis trabalhistas.

You Might Also Like