Notícias

CPI da Lagoa: Lucas de Brito avalia assinar pedido

O vereador Lucas de Brito (PSL), afirmou que analisará o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para a investigação de desvios de recursos da obra do Parque Solon de Lucena. Lucas, atualmente, é da base da gestão de Luciano Cartaxo (PSD) na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Segundo o vereador, ele já recebeu o requerimento, porém não o assinou.

 

 

“Não assinei ainda, recebi hoje o requerimento da oposição postulando à Casa a criação da CPI, vou analisar com calma os termos do requerimento, eu mesmo solicitei do vereador Bruno uma cópia. A gente tem que analisar o documento, examinar os termos do documento”, disse.

 

 

De acordo com o parlamentar, a deflagração da investigação da obra junto à Polícia Federal (PF) é um reflexo da bancada da oposição da legislação passada, que, na época, também era da bancada oposicionista. Ele também enfatizou o fato de que a Justiça está cuidando do caso.

 

 

“Nós temos uma novidade com relação à Lagoa, que é a Operação Irerês, e ela efetivamente consegue reproduzir algumas leituras. Primeiro que a provocação que a Câmara fez no ano passado, debatendo publicamente o tema, realizando uma audiência pública, e até oficiando formalmente os órgãos de controle, como a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, surtiu efeito. A operação é um primeiro sinal realmente claro de que estão cuidando do caso, inclusive de forma judicializada”, afirmou.

You Might Also Like