Notícias

PF deflagra operação para investigar desvio milionário na obra da Lagoa e pode complicar Luciano Cartaxo

A Polícia Federal (PF) desencadeou, na manhã desta sexta-feira (2), a operação Irerês que investigará irregularidades nos procedimentos licitatórios e na execução de obras na lagoa do Parque Solon de Lucena, em João Pessoa. O contrato foi celebrado entre a União e o município, na gestão do atual prefeito Luciano Cartaxo (PSD). 

Nos laudos da PF constaram gastos no valor de quase R$ 6,5 milhões na execução da obra. Foram cumpridos dois mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela 16ª Vara da Justiça Federal em João Pessoa/PB, na sede de empresa contratada para executar a obra investigada e na residência do responsável por sua administração.

A justiça também bloqueou os bens da empresa que está sendo investigada e proibiu que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realize novos pagamentos referente à obra.

O nome da operação é uma alusão ao Irerê, espécie de marreco que era abundante nas águas da lagoa. Tanto que, até o início do século XX, antes da urbanização do parque, o local era conhecido como “Lagoa dos Irerês”.

Uma vez que a ação policial levada a efeito na data de hoje objetiva a coleta de provas e que as investigações continuam, inclusive correndo sob segredo de justiça, o pronunciamento da Polícia Federal não concederá entrevista acerca da ação policial executada nesta data, pois a investigação ocorre em segredo de justiça.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>