Notícias

Guardas civis de João Pessoa ameçam entrar em greve 

Os guardas civis municipais de João Pessoa estão reivindicando o cumprimento da data-base de junho que vem, ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD), através SINDGM-PB, a entidade sindical que os representa, a nível de estado, e já ameaçam deflagrar greve, por tempo indeterminado, caso não sejam atendidos na reivindicação.
A categoria reclama 6,3% de ajuste, o acumulado da inflação dos últimos meses, sem contar com benefícios previstos no PCCR dos servidores.
Haverá uma reunião nesta quarta-feira (23) entre as partes (SINDGM-PB) e Prefeitura, no Centro Municipal de Água Fria, na Zona Sul da Capital, envolvendo a Diretoria Executiva da entidade e secretários.

De acordo com o presidente do SINDGM-PB, José Luiz, os servidores não vêm tendo reajuste de salários, desde 2011, e nem estão recebendo as gratificações previstas no PCCR da categoria – no caso dos Grupos Operacionais que atuam em áreas específicas (como os de conservação florestal, GOTE, ciclomotores e biciclovia), a partir de janeiro deste ano.

You Might Also Like