Notícias

Vereador de Pilar é acusado de estuprar garota de 16 anos

A rotina pacata dos moradores do município de Pilar, na região da Mata Paraibana, foi surpreendida recentemente, em face de uma grave acusação contra um parlamentar mirim que, em teoria, tem o dever moral de observar, preservar e garantir o bom cumprimento das leis. No entanto, o vereador José Jonas Monteiro, mais conhecido por “Jonas Moto Peças”, está sendo acusado de estuprar uma menor de apenas 16 anos.

A acusação foi formalizada pela cunhada da vítima, no dia 24 de abril, ou seja, mês passado. Segundo relatou em depoimento na delegacia da cidade, ela e a vítima, por volta das 19h, se encaminhavam para a casa de uma amiga, quando foram abordadas pelo vereador, que ofereceu carona às mesmas.

Ao chegar na residência das amigas, ele teria alegado que deixá-las ali era perigoso e então levou as mesmas para um motel, que fica em frente à rodovia que dá acesso à São Miguel de Taipu. Lá, manteve a depoente presa no veículo e levou a vítima para um quarto do motel. Segundo o relato, “a vítima foi levada praticamente arrastada […] pois o acusado puxava pelo braço para dentro do quarto”.

Depois de algum tempo, a jovem saiu do quarto junto com o acusado. Elas foram deixadas em uma praça da cidade por volta das 20h. A depoente percebeu, então, que a sua cunhada estava triste e apresentava arranhões nas costas e sangue na roupa. Ainda na mesma noite, confirmou que foi estuprada e ameaçada para manter relações vaginal e anal.

Ainda segundo o depoimento, o fato teria acontecido em fevereiro, mas que se passou dois meses até a denúncia pois, pelo fato de o acusado ser muito conhecido na cidade, a adolescente estava se sentindo ameaçada. O delegado responsável pelo caso, Bruno A. Costa, solicitou “exame sexológico diverso da conjunção carnal (ato libidinoso)”. 

Após tomar conhecimento da grave denúncia, o blog tentou contato com o vereador através do telefone do político, mas não obteve sucesso até então. Informa, ainda, que se encontra disponível para ouvir o acusado e publicar a sua versão de maneira integral e imparcial.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>