Notícias

Após dar “bolo” em agentes pela quinta vez, Cartaxo diz que “sempre há diálogo”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, afirmou que foi o prefeito que mais estabeleceu diálogo com os agentes de saúde, porém não é isso que vem sendo demonstrado pelo atendimento à categoria.

 

 

Os agentes vem  reivindicando o pagamento do incentivo financeiro que vem do Governo Federal, distribuição de equipamentos de proteção individual, o pagamento da gratificação prevista no edital e o reajuste salarial da categoria, que há quatro anos recebem o mesmo salário. De acordo com um dos representantes da categoria,  a prefeitura não fornece nem equipamento de proteção, como capa de chuva e protetor solar.

 

 

Nos últimos dias, os agentes marcaram cinco reuniões para negociação com a Prefeitura, porém eles levaram um “bolo” em todos os encontros. Não houve cancelamento, eles simplesmente não foram atendidos. A cidade de João Pessoa conta atualmente com cerca de 1.500 agentes.

 

Nesta terça-feira (16) houve confusão durante as discussões da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na Câmara dos Vereadores de João Pessoa.  Na segunda-feira (15) um dos agentes resolveu se acorrentar no corrimão do plenário para que os secretários da gestão da Prefeitura de João Pessoa os recebessem. Com a confusão, guardas municipais e seguranças da CMJP tiveram que intervir para arrancar o corrimão e soltar o agente de saúde. A confusão ainda prosseguiu na CMJP mesmo com a audiência da LDO ainda suspensa.

 

 

You Might Also Like