Notícias

Senador da Paraíba gasta mais de 11 mil reais em oito dias para abastecer seu avião com verba do Senado


Um levantamento feito pelo signatário deste blog, realizado no site do senado, conseguiu informações sobre os gastos com combustível para abastecer a aeronave pessoal do senador José Maranhão.

O morubixaba do PMDB paraibano gasta boa parte da sua cota parlamentar para abastecer o próprio avião e fazer viagens, não se sabe se para atividades parlamentares ou para atividades particulares, o que se sabe é que o senador paraibano tem gastado muito dinheiro do erário público.  Em julho do ano passado, por exemplo, o senador torrou mais de 11 mil reais em apenas oito dias para encher o tanque de seu avião. Chama atenção uma das datas, dia 26 de julho de 2016, quando foram “investidos” R$ 3.152,00 em somente uma nota fiscal de querosene na aeronave.

Esses abastecimentos aconteceram na empresa do ramo de combustíveis posto Pioneiro Ltda., que está presente nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Paraíba, mais precisamente no aeroclube, local onde o senador deixa sua aeronave.

Apesar do Brasil enfrentar uma grave recessão econômica, os senadores brasileiros dobraram os gastos em 2016.  O pmedebista parece não se preocupar muito com a crise e não tem economizado quando o assunto é voar alto.

Em 2015, não foi diferente. Notas fiscais com valores exorbitantes entre os dias 11 e 22 de maio para abastecimento. 11 mil reais em apenas 04 dias de viagens.

Infelizmente, nosso povo pobre e sofrido, fica a ver aviões e pagando as contas, enquanto nossos representantes sobrevoam o universo da imoralidade e viajam nas asas do absurdo.

WhatsApp Image 2017-02-15 at 14.31.50

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>